20 setembro 2020 - 5:17

Homem encontrado sem vida, em Içara foi morto pelo padastro

Um corpo foi encontrado na manhã desta terça-feira, dia 28, às margens da rodovia ICR-352, rodovia que liga as comunidades de Sanga Funda e Boa Vista, em Içara. Por volta das 11h30, a Polícia Militar (PM) foi acionada e encontrou o cadáver de um homem, de 36 anos, com marcas de esfaqueamento.

De acordo com a PM, a vítima apresentava duas perfurações, sendo uma no tórax e outra no abdômen. No local, os policias conversaram com a mãe da vítima, que disse ter visto seu filho brigando com outros dois homens. Após a luta corporal, os suspeitos haviam fugido em um VW Cross Fox amarelo.

A Polícia Civil esteve no local, colheu informações e iniciou, junto com a PM, a busca por suspeitos. As investigações levaram as guarnições até o comunidade de Balneário Torneiro, em Balneário Rincão. Em rondas, a polícia localizou um veículo com as mesmas característica repassadas pela testemunha. Dentro do automóvel estavam os dois suspeitos, de 58 anos e 48 anos, que confessaram o crime e foram presos em flagrante.

Ao ser questionado, o mais velho deles afirmou que era foi até a casa da vítima, de quem era padastro, para tirar satisfação por ela ter agredido sua mãe e companheira do homem de 58 anos. Para a polícia, ele disse ainda que ambos entraram em luta corporal e a vítima partiu para cima dele com uma faca, mas ele conseguiu desarmar seu enteado e desferiu os golpes.

Já o segundo suspeito, de 48 anos, afirmou que foi junto com seu parceiro no local pois a vítima, que era seu sobrinho, havia lhe dado uma martelada na cabeça durante as festas de fim de ano e também queria tirar satisfação sobre as agressões contra sua irmã. Ele disse que não interviu na briga por estar embriagado.

Fonte: Engeplus

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-