12 junho 2024 - 8:35

Governo do Estado irá lançar Projeto Sementes de Milho 2024 na próxima segunda-feira (03)

Projeto será lançado a partir das 9h30, no auditório da Cooperja Cooperativa Agroindustrial em Jacinto Machado

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e Pecuária (SAR), irá apresentar programas para apoio direto aos produtores, que entram em operação no mês de junho. No município de Jacinto Machado, a partir das 9h30, no auditório da Cooperja Cooperativa Agroindustrial, será lançado o Projeto Sementes de Milho do Programa Terra Boa 2024. Na oportunidade também será relatada pesquisa sobre o programa de monitoramento da cigarrinha do milho, haverá assinatura de contrato do Programa Água no Campo SC e será apresentado oficialmente o vídeo produzido pela Fecoagro sobre os 40 anos do Programa Terra Boa.

Projeto Sementes de Milho

Um dos componentes do Programa Terra Boa é o Projeto Sementes de Milho, em apoio à aquisição de sementes de milho de alto valor genético, que geram um rendimento maior por hectare cultivado e representam mais de 70% das sementes retiradas pelos produtores. Objetiva a produção de grãos, especialmente para abastecimento das cadeias produtivas de carne, e de silagem para a produção leiteira.

Além do Projeto Sementes de Milho, o Programa Terra Boa também contempla os projetos que já foram lançados: Projetos Calcário, kit forrageiras, kit apicultura, kit solo saudável, abelhas rainhas selecionadas e apoio ao cultivo de cereais de inverno a serem destinados para a fabricação de ração animal. No total, o Programa Terra Boa irá investir mais de R$ 111 milhões no ano de 2024, em apoio ao agricultor catarinense.

Programa Água no Campo SC

Nesse ano, devem ser investidos R$ 60 milhões no meio rural catarinense por meio do Programa Água no Campo SC. Será assinado contrato com agricultor do município de Jacinto Machado, que tem por objetivo a aquisição de valetadeira entaipadeira, utilizada em sistemas de irrigação.

Programa Monitora Milho SC

A cigarrinha-do-milho é o inseto-vetor dos microrganismos causadores das doenças do complexo de enfezamentos, capazes de comprometer substancialmente as safras do grão. Preocupados com essa situação, pesquisadores da Epagri aprovaram junto à Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) projeto para execução do Programa Monitora Milho SC, que teve início na safra 2021/22.

Os resultados de uma pesquisa sobre o monitoramento da cigarrinha do milho, que está sendo conduzido pela Epagri, serão apresentados por meio de palestra na programação. Também haverá a autorização da liberação de recursos da SAR/FDR para continuidade ao programa de pesquisa por meio da Epagri e Fapesc.

Milho

A cultura do milho desempenha um papel fundamental na produção agropecuária de Santa Catarina, fornecendo alimentos tanto para as pessoas quanto aos animais, contribui na diversificação e sustentabilidade do agronegócio e impulsiona a economia local e estadual.

Na safra 2023/2024 foram cultivados 320,7 mil hectares de milho no Estado, com produção de 2,26 milhões de toneladas. De acordo com a Epagri/Cepa, a safra apresentou uma redução na produção total no estado de 17,4% em relação à safra 2023/24, ocasionada, especialmente, pelas condições climáticas do início da safra, com excesso de chuvas que atrasaram o plantio e exigiram o replantio e dificultaram os tratos culturais.

Serviço

Data: 03 de junho de 2024

Horário: a partir das 9h30

Local: Auditório da Cooperja Cooperativa Agroindustrial – Sede Administrativa – Av.Padre Herval Fontanella, 500 – Centro, Jacinto Machado

Por Jaqueline Vanolli: Assessoria de Comunicação / Cidasc

- Anúncio -
-Anúncio-