18 junho 2024 - 11:12
- Anúncio -

Governo de SC divulga resultados com aumento de 15,8% no primeiro quadrimestre do Porto de Imbituba

Neste último mês, foi registrada a operação de cerca de 684 mil toneladas de cargas.

O Porto de Imbituba concluiu o mês de abril com números muito positivos e mantendo a movimentação portuária acima das expectativas. Neste último mês, foi registrada a operação de cerca de 684 mil toneladas de cargas. Os dados mostram que a Autoridade Portuária tem evoluído e está no caminho certo para o crescimento e desenvolvimento continuado.

Considerando os dados do primeiro quadrimestre do ano, na média foram movimentadas 722,8 mil toneladas de cargas no período, aumento de 15,8%, em relação a média do primeiro quadrimestre de 2023 (624,1 mil toneladas), acréscimo este que evidencia a gestão por parte da Autoridade Portuária e superior às projeções para o ano de 2024 (700 mil toneladas).

Em atracações de navios, o mês de abril se destaca com 28 embarcações, um aumento de 7,7% em relação ao mês de março e melhor resultado do ano de 2024. Tal dado reflete uma média de 24,4 mil toneladas por embarcação, demonstrando o recebimento de maiores volumes por operação. Neste mês constatou-se uma mudança na balança comercial de movimentações de cargas do Porto, com um acréscimo significativo nas importações em relação a março (+88,6%) e superior ao mesmo período de 2023 (+7,4%), tornando-as assim o principal fluxo dos produtos que passaram pelo Porto. Já as exportações tiveram em abril uma queda (-54%) se comparados ao mês histórico de março e decréscimo (-24,8%) em relação a abril de 2023.

Dentre todos os embarques e desembarques, os maiores volumes operados continuam sendo o coque de petróleo, os contêineres, os farelos de milho e de soja, o sal, a soja e a cevada. Em destaque o aumento considerável na movimentação de contêineres, com 140,5 mil toneladas, melhor mês do ano e um crescimento de 19,3% em relação ao mês anterior.

No presente ano, a liderança das exportações (55% do total) vem acompanhada de alta de 23,5% na tonelagem enviada ao exterior, se comparado ao realizado no mesmo período do último ano. No sentido inverso, as importações garantiram a fatia de 36% das operações, com aumento de 14% em relação ao quadrimestre de 2023.

No que se refere a cabotagem, navegação em águas brasileiras, a mesma representou 9,5% da movimentação do Porto em abril, indicando uma queda de 29,3% na tonelagem da carga em relação ao mês de março.

Entre as cargas movimentadas, o granel sólido está entre as principais transportadas no mês de abril, com fluxo de 539,5 mil toneladas e leve redução em sua operação se comparado a março (-19,1%). Tais cargas representam 79% de toda a movimentação portuária, com especial relevância para o coque de petróleo que operou 237,8 mil toneladas e contou com um expressivo aumento (+128,7%) na comparação com o último mês. No contexto geral, as maiores movimentações, dentro da rubrica granel sólido, foram de coque de petróleo, farelos de milho e de soja, sal, soja e cevada.

Segundo dados do Governo Federal, as operações de importação e exportação em Imbituba movimentaram mais de 748 milhões de dólares neste primeiro quadrimestre de 2024.

Para o secretário de Portos, Aeroportos e Ferrovias (SPAF), Beto Martins, os números seguem confirmando o crescimento no desempenho do Porto. “Um reconhecimento ao trabalho e gestão portuária que vem resultando em um aumento da produtividade na movimentação de cargas.”, afirma Martins.

“Estes resultados, além de contribuir para Imbituba se consolidar como uma alternativa logística competitiva, representam a busca constante por uma melhor gestão do Porto com resultados em que todos ganham.”, avalia o diretor-presidente da SCPAR Porto de Imbituba, Urbano Lopes de Sousa Netto.

Fonte: Assessoria de Comunicação da SCPAR Porto de Imbituba

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<