21 maio 2024 - 11:32
- Anúncio -

Festival de Capoeira reúne 250 alunos neste fim de semana, no Criciúma Shopping

Esporte de origem genuinamente brasileira, a capoeira vem ganhando mais adeptos a cada ano que passa. A luta marcial, que se tornou uma expressão cultural, engloba diversos aspectos. Com o intuito de difundir ainda mais a modalidade na região, o Criciúma Shopping recebe o Festival de Capoeira do Projeto Filhos de Aruanda. A ação, que formará aproximadamente 250 alunos, acontece neste sábado, dia 25, a partir das 10h30, na Praça de Eventos do estabelecimento.

Trazendo ainda mais vida para o Shopping da Família, os praticantes poderão mostrar para a sua família, amigos e o público que desejar prestigiar este momento, os aprendizados que obtiveram ao longo do último ano. “Esse festival é uma celebração em que ocorrerá a troca de nível para alguns alunos, enquanto outros ganharão a primeira corda. Convidamos todos a virem conhecer um pouco mais desse esporte, que é muito mais do que apenas uma luta. É um acontecimento emocionante, pois vemos o brilho no olhar de cada um, com o sentimento de dever cumprido”, evidencia o coordenador geral do projeto e mestre, Jackson Tomelin.

Três partes

A cerimônia de formatura se desenrolará em três sessões dinâmicas, que iniciarão às 10h30, 14h30 e 18h30, cada uma com duração média de duas horas. Dessa maneira, as crianças de três a 14 anos mostrarão suas habilidades nas tradicionais rodas de capoeira, destacando seus movimentos e técnicas ensinadas por Tomelin – que soma mais de 30 anos de experiência na área – e pelas professoras Andrizi Paris e Janaina Santos. Além das modalidades mirim, infantil e juvenil, alguns pais que também praticam o esporte participarão da formatura na categoria adulto e passarão pelo processo de troca de corda.

Nesse cenário, além de servir como um evento para celebrar a conclusão de mais um ano, o Festival de Capoeira, na visão do coordenador geral do projeto, também fortalece e dissemina a ideia de que a capoeira é muito mais do que apenas um esporte. “Ela sempre esteve presente na sociedade de alguma forma e desempenha uma importância imensa, principalmente por englobar dança, música, artesanato, canto, ginástica, dentre tantas outras coisas”, enumera.

Diferentemente das outras lutas marciais, em que o contato físico é inerente, na capoeira ele não acontece com tanta frequência, o que muitas vezes deixa a impressão de que os golpes foram ensaiados.

Receber essa prática que está ganhando mais espaço na sociedade, segundo o gerente comercial e operacional do Criciúma Shopping, Guilherme Sardá, é gratificante. “Não poderíamos deixar de sediar um momento tão importante quanto este. Estamos sempre de portas abertas para disseminar a cultura e o esporte e ficamos imensamente felizes em poder participar da conclusão de mais uma etapa dos capoeiristas”, frisa.

Colaboração:  Catarina Bortolotto – Expressio

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-