22 julho 2024 - 4:59
- Anúncio -

Exposição fotográfica marca o dia da mulher

O trabalho desenvolvido pela psicóloga e acadêmica da primeira fase do curso de Pedagogia, Janaína Patrício Ribeiro, marca a semana do Dia Internacional da Mulher (08/03).

Fica em exposição até esse quinta-feira (09/03), no corredor entre as coordenações e a Central de Atendimento ao Estudante (Cate), do Centro Universitário Barriga Verde (Unibave), a mostra fotográfica “Empreendedorismo feminino para mulheres em situação de violência doméstica e familiar retratado em fotografia conceitual do Unibave”. O trabalho desenvolvido pela psicóloga e acadêmica da primeira fase do curso de Pedagogia, Janaína Patrício Ribeiro, marca a semana do Dia Internacional da Mulher (08/03).

São no total 13 telas e a apresentação ficou na segunda posição durante o Show de Talentos do Unibave em 2022. A exposição foi criada mediante o estímulo de inscrever e apresentar um trabalho artístico para o Show de Talentos. As fotos são da colega de sala, e fotógrafa Joisse Lara Pinto, que “traduziu” o trabalho desenvolvido na região por Janaina. Ela ainda contou com a colaboração das demais do curso de Pedagogia, que se voluntariaram como modelo e uma sala de aula da Instituição para fazer as fotos.

A sequência fotográfica trata do empreendedorismo feminino como uma saída no combate à violência doméstica e familiar. “A exposição foi uma forma de alcançar mais pessoas para um tema tão importante”, comenta Janaina.

Na exposição, as fotos abrangem os cinco tipos de violência doméstica familiar, segundo a Lei Maria da Penha, passando pelos meios de denúncia e apontando que muitas vezes o ciclo não é quebrado pela falta de independência patrimonial. “O empreendedorismo seria uma das formas de sair do ciclo de violência, com a inserção no mercado de trabalho e o empoderamento feminino”, afirma.

Ainda segundo a psicóloga e aluna no Unibave, mostrar que esse problema é histórico para a sociedade é uma forma de ajudar essas mulheres. “Demonstrar que é possível sair de um relacionamento violento e buscar uma intenção no mercado de trabalho”, afirma.

 

Unibave

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<