22 junho 2021 - 6:20

Estudante de Braço do Norte vence etapa estadual de Concurso de Redação de Cartas

Uma estudante da rede venceu a etapa estadual do Concurso Internacional de Redação de Cartas para Jovens. Rebeca Lunardi Bublitz, aluna do 1º ano do Ensino Médio da EEB Dom Joaquim, em Braço do Norte, foi a 1ª colocada na competição e, além do certificado, deve receber uma premiação em dinheiro, assim como a escola onde estuda.

A proposta do concurso era escrever uma carta a um familiar, contando sobre a experiência da Covid-19. As redações deveriam conter no máximo 800 palavras e seguir o padrão internacional, com os três componentes básicos de uma carta: data, fórmulas de cortesia/saudações e assinatura. O trabalho original foi manuscrito na folha de redação oferecida pelos Correios.

O incentivo para a produção veio pela professora Vanessa Terezinha da Silva Almeida, que atua no Atendimento Educação Especializado Altas Habilidades/Superdotação da EEB Dom Joaquim. Além de Rebeca, outros 11 alunos da Coordenadoria Regional de Braço do Norte fazem acompanhamento nesse ambiente específico.

A professora destaca que toda a redação foi feita pela aluna sem nenhuma correção: “Eu passei a proposta do tema e durante o atendimento ela já fez o rascunho. No dia seguinte passou a limpo na folha especial do concurso para podermos enviar pelos Correios, conforme estabelece o regulamento”, detalha.

Premiação
Tanto a estudante quanto a escola receberão prêmios em dinheiro: R$2.300 para Rebeca e R$2.500 para a escola. De acordo com o gestor da escola, Tarcisio Vanderlinde, haverá uma reunião com a Associação de Pais e Professores (APP) para deliberar sobre o uso do recurso ganho pela instituição em futuras melhorias no espaço educacional de Altas Habilidades da EEB Dom Joaquim.

Saiba mais
O Concurso Internacional de Redação de Cartas para Jovens é promovido anualmente pela União Postal Universal (UPU), sediada em Berna, na Suíça, com o objetivo de proporcionar a crianças e adolescentes o exercício da criatividade e o aprimoramento dos conhecimentos linguísticos. Participam estudantes de até 15 anos de idade, previamente selecionados nas etapas nacionais.

No Brasil, a realização do concurso fica a cargo dos Correios e é desenvolvida em três fases: escolar, estadual e nacional. A quarta etapa – fase internacional – fica a cargo da UPU. A participação se dá por meio das escolas (rede pública e privada), que selecionam, entre as redações de seus alunos, até duas melhores cartas para representá-las. Na fase estadual, será premiada a redação melhor classificada (1ª colocada) de cada Estado e, na fase nacional, serão premiadas as três melhores cartas classificadas, sendo que a 1ª colocada irá representar o Brasil na fase internacional.

A organização do concurso já divulgou o resultado nacional, com a classificação de uma estudante de 15 anos da Paraíba.
Colaboração: Ana Paula Flores – SED de SC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-