29 fevereiro 2024 - 4:51

Estrada Iluminada: Súplica

Quantos se revoltam por pedirem a Deus alguma providência e esta não vir. Será que o pedido não foi aceito mesmo ou será que o Criador não chegou a tomar conhecimento da súplica?

Num dos livros de Chico Xavier nos é informada que nenhuma prece se perde. Mesmo aquelas que são dirigidas a alguém que no momento por algum motivo não pode entrar em sintonia, a prece vai ser recebida por algum outro benfeitor que providenciará no que for necessário. É a prece refratada.

Quantas vezes dirigem seu anseio a pessoas queridas desencarnadas e estas não estão em condições de atende-las por vários motivos, inclusive por já terem reencarnado, ou simplesmente ainda encontrarem-se no mundo espiritual em condições de recuperação, em algum estabelecimento de saúde.

Também devemos levar em consideração que Deus não nos atende na maioria das vezes como a gente almeja, pois o Pai só nos faculta aquilo que for para o nosso crescimento, principalmente moral, daí na maioria das ocasiões nossas reinvindicações não serem satisfeitas.

Quantas vezes a procidência Divina nos chega de maneira que nem notamos? É comum acontecer! Emmanuel na psicografia de Chico Xavier nos diz que muitas vezes quando pedimos socorro para à espiritualidade, o socorro já estava a caminho. É que nosso   mentor espiritual, guia espiritual ou anjo de guarda, o nome não importa, vendo nossa aflição já providencia o que é mais cabível para o momento!

Portanto não devemos nunca esmorecer nossa fé, pois o Pai nunca nos abandona. É magnífico sabermos que somos cuidados o tempo todo por um Pai poderoso, perfeito em todos limites possíveis.

Mesmo que nos distanciemos de Deus ele estará sempre a nossa disposição para nosso retorno a Seu aconchego, pois certamente Ele nunca nos abandona, e a prece que o Mestre Jesus nos orientou proferir, é o elo de ligação com o Altíssimo que tudo enxerga.

Muitas dificuldades fazem parte de nossa trajetória nesta vida, mas através da súplica que fazemos no momento certo vamos receber o socorro na medida exata. Paz a todos.

Por Nilton Moreira

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-