22 abril 2024 - 6:28
- Anúncio -

Estrada Iluminada: Parentela espiritual

A complexidade do nascimento não se resume apenas no período de gravidez e posteriormente no parto. Na realidade o corpo carnal começa a se formar sim a partir do momento da concepção, o que é fruto todos sabem da fecundação.

Mas no que diz respeito a alma que vai habitar cada corpo, e que é a responsável pelo ser pensante que existirá, já tem origem em outra dimensão, pois do contrário o homem seria fabricante de corpos e almas! A maioria das pessoas e das religiões denomina de alma o que está vinculado ao corpo físico, mas esta alma como já existia anteriormente, pois não é fabricada no mesmo momento pelo homem como mencionamos, é denominada de espírito!

É, somos espírito quando estamos fora do corpo e alma quando estamos a ele vinculado. O mesmo se dá quando estamos dormindo, deixando o corpo adormecido com a vitalidade que possui e penetramos no mundo dos espíritos. Mundo real, pois esta vida que estamos vivenciando é apenas uma das tantas que o espírito percorreu, já que fomos Criados imortais.

Nossa passagem por esta vida é um relâmpago se compararmos com a espiritual. Lembremos que foi Jesus que disse: “ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo” e “na casa de meu Pai há muitas moradas”, então está mais do que explicado.

Diante das circunstâncias, deduzimos que se existíamos antes do período da gravidez tínhamos uma parentela, e após o nascimento vamos possuir uma parentela diferente! Certamente é assim, pois possuímos a parentela espiritual aquela que fica na erraticidade e que torce para que nossa reencarnação tenha êxito, e uma outra parentela que vamos formar e vai nos receber na atual vida!

Em razão do esquecimento por ocasião do mergulho na carne não lembramos das vidas passadas, o que possibilita nos reencontrarmos com desafetos de outras vidas e assim aparar as arestas e resgatarmos as faltas e desavenças anteriores.

Deus é perfeito, nós é que complicamos colocando empecilhos para o cumprimento da Lei Divina. Ainda bem que com as diversas vidas que termos, vamos nos conscientizando do que nos parece difícil compreender, e assim evoluindo na direção do Pai.

Lembremos também nas preces diária a nossa parentela espiritual, que além de vibrar quando acertamos aqui, espera nosso retorno à pátria espiritual com carinho e de braços abertos.

Paz a todos.

Por Nilton Moreira

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-