13 junho 2024 - 8:31
- Anúncio -

Empreendedores Negros expõem na Piazza Nova Belluno em Siderópolis

Foram 21 expositores que participaram na primeira feira de exposição dos Empreendedores Negros que aconteceu na manhã de sábado (18/11) na Piazza Nova Belluno, no Centro de Siderópolis. A atividade faz parte da programação da Semana da Consciência Negra, que teve sua abertura na sexta-feira no mesmo local, na Piazza, com apresentações culturais das escolas e show com “Bora ai”.

Apesar da chuva da manhã de sábado, foram muitos os que estiveram na Praça Coberta prestigiando os expositores que foram mostrar e oferecer seus produtos e serviço. Pessoas como a empreendedora e trancista, Merele Luiza Machado Hilario, de 37 anos, e que a três anos resolveu apostar, mas que a necessidade apareceu um ano antes de empreender, para atender a filha, Maria Eduarda. “Comecei a trançar por conta da minha filha, que tinha 18 anos na época. Ela queria, porque queria e não conhecia ninguém. E eu nem sabia. Fui pesquisar e vi que também não teria condição financeira. Comecei a pesquisar na internet, comprei os materiais e comecei a trançar. As amigas dela começaram a gostar, começaram a pedir, me descobri através das tranças. Dali só fluiu”, relata Merele.

Empreendedores Negros expõem na Piazza Nova Belluno em Siderópolis
Ao lado da irmã, Gabrieli Paula Machado Jaques, de 29 anos. Ajudou a irmã durante dois anos

A “especialista em penteados e tranças”, como assim mesmo se define pela no bio do Instagram (@trancas.porlely), tem três filhos. Maria Eduarda, hoje com 21 anos, um de 16 e outro com cinco anos. Hoje, muitos clientes que vêm até Merele em Siderópolis, são de fora da cidade, chegando a receber pessoas de São Paulo e Brasília para serem atendidas. “Trançar é um dom. É uma força que vem dos nossos antepassados, é algo bem profundo. A gente até se emociona em falar, mas transformador”, define.

20 de novembro

A Semana da Consciência Negra, é em alusão ao dia 20 de novembro, segunda-feira (20/11), em que Siderópolis será realizada uma sessão solene aos Empreendedores. Sobre a Feira, Merele disse que não conhecia muitos empreendedores. “É muito gratificante participar e só tenho a agradecer esse ao prefeito (Franqui Salvaro) que deu essa oportunidade para gente.

Sobre a data, Merele afirma que é marcante e significativa. “É especial. As pessoas ouvem, te dão a fala, e a gente tem que demonstrar todos os nossos sentimentos”, comentou.

Uma das organizados do evento, a primeira mulher negra a ocupar o cargo de chefe de gabinete na prefeitura de Siderópolis, Ivana Geórgia Martins, lembra que o objetivo do dia 20 de novembro é para lembrar das injustiças que o povo negro ainda sofre. “É uma data para lembrar a população brasileira que o povo preto ainda está aqui. Que ainda está sendo injustiçado e que ainda não possui as mesmas oportunidades que as demais pessoas. Que ainda sofremos preconceito diariamente, e que sofremos racismo em pleno 2023 e que por isso ainda continua lutando, diariamente, por igualdade”, comenta Ivana.

O dia da Consciência Negra, é uma data em homenagem a morte de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, referência ao povo negro. “O dia da Consciência Negra tem o intuito de contar a história do povo negro e lembrar as pessoas que ainda existimos e resistimos”, comenta Ivana.

A programação da Semana da Consciência Negra de Siderópolis segue nesta segunda-feira e vai até o dia 26.

20/11- Sessão Solene Câmara de Vereadores

-19h: Homenagem aos Empreendedores Negros de Siderópolis, autora Elaine Barreiros dos Santos

21/11 – Capacitação para os professores das redes Municipal estadual e particulares

O encontro será na Escola de Educação Básica José do Patrocínio (durante o dia). Palestrantes convidadas, professora Normélia Ondina Lalau de Farias e Professor Douglas Vaz Franco Santana

26/11- Missa Afro

-19h- Igreja Santa Bárbara, no Rio Fiorita

Colaboração: Antonio Rozeng / Assessor de Imprensa da Prefeitura de Siderópolis

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<