28 setembro 2020 - 2:34

Educação ambiental é discutida nas escolas de Siderópolis

as

A Fundação do Meio Ambiente de Siderópolis (FAMSID), está fortalecendo cada vez mais a educação ambiental nas escolas, por meio de palestras sobre os projetos desenvolvidos no município de Siderópolis. Até agora oito escolas já foram contempladas com a apresentação, entre elas, Apae, CEI Criança Cidadã , CEIM Olírio Cesa, , CM Rosália Pierini Salvaro, EEBM Jorge Bif, EEF Dep. Silvio Ferraro, EEB Dr Tullo Cavallazzi e CEI Fazendo Arte. As palestras seguirão conforme o calendário da FAMSID.

“A educação ambiental está sendo feita de forma dinâmica nas escolas, isso permite que os alunos despertem o interesse pela busca do conhecimento e preserve nosso meio ambiente”, destacou a presidente da Fundação do Meio Ambiente de Siderópolis (Famsid), Franciele Cândido de Oliveira, ao lado da estagiária e estudante de Ciências Biológicas, Leticia Mayra Ribeiro, que também está colaborando com as palestras.

Projeto Eco Óleo

Quase dois mil litros de óleo usado de cozinha já foram recolhidos. O projeto tem o objetivo de arrecadar óleo de cozinha utilizado e realizar o descarte correto do mesmo.

Para depositá-lo, basta esperar o óleo esfriar, colocá-lo dentro de uma garrafa pet e levá-lo até um ponto de coleta mais próximo e depositá-lo na bombona de arrecadação. O óleo deve estar limpo, sem nenhum rejeito de comida junto.

O projeto foi lançado em novembro de 2018 e desde então, três remessas de óleo já foram recolhidas por uma empresa de Florianópolis, que possui todo licenciamento ambiental para a coleta do resíduo, encaminhando para uma usina no Rio Grande do Sul para transformar o óleo em biodiesel.

Arrecadação de material escolar

A campanha já em sua 2ª edição, recebeu doações até dias antes do início das aulas em fevereiro desse ano. Desde então, moradores, empresas e lojas da cidade, ajudaram com materiais escolares novos e usados em bom estado, e valores em dinheiro. Com isso, a Famsid realizou a montagem de mais de 400 kits escolares, sendo eles divididos para alunos do 1º ao 5º ano, do 6º ao 9º ano e kits especiais para a educação infantil. Além de materiais diversos que foram entregues nas escolas para uso coletivo.

Em meados de fevereiro, a Fundação, o Governo Municipal e a Polícia Militar, começaram a fazer a entrega dos kits, iniciando pelas creches municipais. Em seguida foi a vez das escolas municipais e estaduais receberem os materiais. A última a receber foi a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), no dia 07 de março.

“Pretendemos dar continuidade em todos os projetos, em breve traremos novidades para aqueles que queiram participar”, finalizou a presidente da fundação.

 

ASCOM siderópolis

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-