17 maio 2022 - 3:37

Dragon na grande final do Beach Soccer 2022 taça “Jaime Francelino”

Com o tempo bom as torcidas devem comparecer em peso hoje, quinta-feira, 12 de maio, a partir das 19h30min na Quadra de Areia do bairro Divina Providência, em São Ludgero, para prestigiarem os dois jogos da grande final do 11º Campeonato Municipal de Beach Soccer 2022 taça “Jaime Francelino”. O Dragon na disputa do título tem a vantagem do empate para ser campeão contra o Santo Antônio. Já o terceiro lugar será disputado entre Unidos da Divina e União do Norte.

    Com base no regulamento da competição a decisão de 3º lugar é disputada em uma partida única. Em caso de empate será necessária a cobrança de 5 penalidades para a definição do ganhador, de forma alternada, sendo aptos a cobrar apenas os jogadores que estiverem até o término da partida jogando (reservas não batem). Não haverá repetição dos cobradores antes de todos os jogadores terem cobrado penalidade, inclusive o goleiro. No caso da disputa do título, a decisão acontece em duas partidas. Em caso de empate em número de pontos, haverá prorrogação de 10 minutos, divididos em 2 tempos de 5 minutos e permanecendo o empate será considerada vencedora a equipe com melhor classificação na primeira fase.

     No primeiro jogo da noite de hoje, quinta-feira, 12 de maio, às 19h30min, o 3º lugar será disputado entre Unidos da Divina e União do Norte. Caso o tempo normal termine empatado a decisão vai direto para as penalidades. E, às 20h30min, disputa o título o Dragon e Santo Antônio. Caso o tempo normal termine com o placar igual, o Dragon levantará a taça de campeão. E, se o Santo Antônio vencer, o jogo vai para prorrogação e se o tempo finalizar com empate a taça “Jaime Francelino” é do Dragon por ter realizado a melhor campanha.

    O primeiro jogo pela disputa do título aconteceu na terça-feira, 10 de maio, na Quadra de Areia do bairro Encosta do Sol, e o Dragon do técnico Giliard Menegasso, o Maninho, foi superior vencendo o Santo Antônio, do técnico Adelmo Hobold, pelo placar de 5 a 4. Ivan Dobicz de Souza marcou 3 vezes, Felipe Rigoni Shulz uma vez e Oeliton Pereira Lopes uma vez a favor do Dragon. Kaciano Vicente Hobold marcou 3 gols e Joelson de Souza marcou um gol a favor da equipe do Santo Antônio.

    Lidera a Artilharia Ivan Dobicz de Souza (Dragon) com 16 gols, o Melhor Ataque é do Dragon com 52 gols, e a Melhor Defesa é do Santo Antônio com 15 gols sofridos.

      A competição foi disputada por 9 equipes, dividas em duas chaves e até aqui 166 gols marcados como uma média de 7,22 gols por partida.

     O presidente e o Diretor da Comissão Municipal de Esportes (CME), José Airton Perin e Edmilson Paulo Mores, reforçam a importância da disciplina e o respeito dentro e fora das quadras. “É mais uma competição que chega ao fim com muito êxito e hoje serão mais dois grandes jogos, espetáculos na areia, com as torcidas motivando as equipes”, ressaltam.

    Sobre o homenageado Jaime Francelino – Nasceu no dia 25 de maio de 1941, no Rio Hipólito, ainda muito jovem veio morar na comunidade da Pindotiba, onde conheceu a mulher da sua vida, Dona Tereza, que foi sua companheira por quase 60 anos. Casaram-se no dia 28 de janeiro de 1960 e sua família começou a ser formada. Tiveram doze filhos: Nilsa, Nelson, Nilson, Nildete, Nilzete, Nelzair, Nilberto, Nazarete, Nirleia, Nádia, Nadilane e Nedson. A sua história sempre foi de muitas batalhas e desafios, mas nada tirava dele o bom humor. Ninguém ficava triste ao seu lado. Sendo um ótimo carpinteiro, sempre fazia seu trabalho com muita competência, buscando deixar as pessoas felizes e satisfeitas. Sua especialidade era fazer as tesouras, em vários locais suas mãos fizeram com galhardia as armações dos telhados, como nas comunidades do Mar Grosso e Ponte Baixa, nas propriedades de granjeiros, e em várias casas da região. Nas horas de lazer com a família, adorava tocar seu violão e cantar modas com os filhos. Adorava cuidar e domar juntas de bois. Construía carros de bois, cangas… Adorava fazer balaios e cestos de bambu, com uma habilidade impressionante. A vida do interior era a sua paixão. Sendo um dos primeiros moradores do bairro Divina Providência, por volta de 1998, quando era presidente da Associação de Moradores, seu Jaime fundou o primeiro de time de futebol de campo, juntamente com o seu Ronéro e o seu Nilton, tendo como técnico Amilton Becker, o popular Batata. Lutou com muito empenho para a construção da sede da comunidade, que é lugar de lazer e ponto de encontro dos amigos. A idade foi chegando e com ela os problemas de saúde. Seu Jaime lutou muito, adorava viver. Em 11 de dezembro de 2020, aos 79 anos, por complicações da Covid-19 veio a falecer, deixando seus 12 filhos, 39 netos e 33 bisnetos. Seu Jaime sempre gostava de ver as pessoas felizes, com seu jeito simples, estava sempre disposto, sorridente, de bem com a vida. E é essa a maior lição que ele deixou: Viver de bem com a vida, um dia após o outro e sempre agradecendo a Deus.

Colaboração: Bertoldo Kirchner Weber

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-