15 abril 2024 - 8:04
- Anúncio -

DNIT coleta vegetação na BR-285 para monitoramento, resgate e propagação das espécies nativas

Antes da retirada da vegetação para a implantação da BR-285/RS, em São José dos Ausentes no Rio Grande do Sul, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) percorre a área com suas equipes ambientais coletando plântulas, sementes e frutos de espécies ameaçadas, protegidas por lei ou de interesse ecológico para reprodução no viveiro e futuro plantio no entorno da rodovia. Somente no início deste ano foram efetuadas coletas de espécies como guamirim, canjica, brinco-de-princesa e taquarembó. Também nesta etapa são realizados os transplantes e, quando necessário, o afugentamento ou resgate de fauna.

Em janeiro foram contabilizadas 135 realocações de 16 espécies, entre ervas, trepadeiras, arbustos e árvores, sendo que seis estão na lista de ameaçadas de extinção, entre elas: araucária, xaxim, brinco-de-princesa e a margaridinha-dos-pinhais. Os transplantes ocorrem preferencialmente em ambientes semelhantes ao local de origem das plantas. Demanda atenção especial a área do vale da nascente do rio das Antas, sobre o qual está projetada uma ponte de 400 metros.

Por meio destes e outros cuidados recomendados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), que envolvem ainda o controle de plantas exóticas invasoras e a compensação de áreas desmatadas, o DNIT busca reduzir os danos sobre a flora e contribuir para sua conservação a longo prazo.

Fonte: DNIT – GoV

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-