23 maio 2024 - 10:30
- Anúncio -

Defesa Civil, PRF e Corpo de Bombeiros Militar distribuem alimentos e água no Morro dos Cavalos

Ao longo da tarde desta segunda-feira (15/04), a Secretaria da Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina (SDC) juntamente com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar (CBMSC) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), irão fornecer água e alimentação para as pessoas que estão isoladas no trecho da BR -101, na localidade de Morro dos Cavalos, em Palhoça, onde ocorreu a queda de blocos.

Esta iniciativa, realizada pela SDC em apoio à PRF, contará com a colaboração da mesma para escoltar a equipe responsável pela distribuição. Além disso, está sendo negociado o apoio logístico do Corpo de Bombeiros Militar Santa Catarina (CBMSC) para a entrega dos alimentos e o fornecimento de água.

“Até o presente momento, as entregas serão realizadas nesta segunda, dia 15 de abril, e amanhã, terça-feira, 16 de abril”, explicou Coronel Laureano, diretor de Gestão de Desastres.

Em relação à liberação da pista do Morro dos Cavalos, as informações devem ser buscadas junto à Concessionária Arteris e à PRF, responsáveis pela gestão da rodovia. “Após uma liberação inicial por questões geológicas depois de um deslizamento, uma nova ameaça surgiu devido a uma instabilidade na pista. Não há previsão para a liberação total da pista”, declarou. Para mais informações sobre a liberação da pista, consulte o grupo do WhatsApp da Arteris [aqui].

Quanto aos cuidados para a população é recomendável que aqueles que têm a opção de utilizar uma rota alternativa o façam. Aqueles que puderem adiar seus deslocamentos e retornar para casa também devem considerar essa possibilidade. “É importante evitar permanecer parado, especialmente em trechos próximos ao Morro dos Cavalos, onde não há disponibilidade de serviços, como alimentação e instalações sanitárias adequadas”, enfatizou Coronel Laureano.

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina já atendeu 99 ocorrências envolvendo as chuvas recentes, totalizando 142 pessoas atendidas em 52 municípios diferentes. Todas as Forças-Tarefa da corporação estão em sobreaviso e a Força-Tarefa do 10ºBBM, que atende a região da Grande Florianópolis, foi acionada ainda no domingo. Os principais chamados no número 193 são afetos a quedas de árvores em vias públicas ou em residências, a resgate de pessoas ilhadas, ou a resgate em locais de difícil acesso, por exemplo. Segundo o Coronel Jefferson de Souza, Subcomandante-Geral do CBMSC, as Forças-Tarefa (FT) são equipes especializadas e estão na condição de sobreaviso. “Apesar de estarmos acompanhando e atuando nesta situação que Santa Catarina enfrenta, orientamos a população a evitar trafegar, e manterem-se afastadas de redes elétricas em caso de mau tempo. Em caso de emergência, procurem o CBMSC através do telefone 193”, reforça o coronel.

Principais ocorrências relatadas pelos municípios

 

  • No município de Paulo Lopes há alagamentos crônicos que dificultam a mobilidade urbana local. Equipes já estão atendendo as ocorrências. Até o momento, somente Paulo Lopes emitiu decreto de Situação de Emergência.
  • Em São João Batista, o município enfrentou sete pontos de alagamento, incluindo duas rodovias estaduais, SC 108 e SC 410. Quatro pontes danificadas (uma provisória de madeira e uma em processo de reconstrução). Houve danos a postes, atingindo a rede de tratamento de água potável. 36 famílias tiveram suas casas afetadas por inundação, não houve vítimas e nem danos graves.
  • No município de Palhoça, na BR-101, altura do Morro dos Cavalos a pista chegou a ser liberada parcialmente no domingo (14/04), entretanto, as equipes da concessionária Arteris verificaram o afundamento das pistas em ambos os sentidos mas voltaram a interditar totalmente a rodovia, não há previsão de abertura. Um abrigo foi aberto pelo município, com informação de 50 desalojados e onze desabrigados.
  • Em Florianópolis, houve um desabamento de muro e deslizamento de terra no bairro Costeira. Não houve vítimas e os moradores irão se deslocar para casa de familiares. Até o momento ocorreu o total de seis deslizamentos em encostas de morros e alagamentos crônicos em vias públicas no centro da cidade. Equipes da Defesa Municipal estão auxiliando a população.
  • Em Garopaba foram rgistrados diversos pontos de alagamento. O Ginásio Municipal foi disponibilizado para acolhimento da comunidade atingida.

Nenhum município solicitou Itens de Assistência Humanitária (IAH). Há apenas um decreto de Situação de Emergência para o município de Paulo Lopes. Quanto aos danos e prejuízos, 82 pessoas estão desalojadas, 20 no município de Biguaçu, duas pessoas em Imbituba, oito em São José, 50 desalojados em Palhoça e 11 desabrigados, e duas pessoas em Tubarão.

 

Temporais com chuva pontualmente intensa na terça-feira (16)

A formação e passagem de uma frente fria no decorrer da terça-feira (16/04) provoca chuvas e temporais em toda Santa Catarina. Este sistema deve atingir primeiro as áreas do Grande Oeste, onde deve chover já pela madrugada de terça-feira (16/04), avançando aos poucos ao longo do dia, alcançando as demais regiões entre a tarde e noite.

São esperados temporais com raios, eventual queda de granizo e rajadas de vento, que podem provocar destelhamentos, queda de galhos e árvores e danos na rede elétrica. A chuva pode ser intensa em alguns momentos, provocando alagamentos e enxurradas pontuais. O risco para estas ocorrências é ALTO nas áreas em laranja e MODERADO nas áreas em amarelo do mapa.

No Extremo Oeste e Oeste, são esperados acumulados entre 50 mm e 70 mm, com pontuais que podem superar estes valores. Nas áreas em amarelo do mapa, regiões mais prejudicadas pelas chuvas dos últimos dias, são esperados volumes entre 20 mm e 40 mm, com pontuais que podem superar os 60 mm e ocorrer de forma intensa num curto período de tempo. A passagem da frente fria também traz ventos de moderada a forte intensidade para o estado, com rajadas que devem variar entre 50 km/h e 60 km/h.

Defesa Civil, PRF e Corpo de Bombeiros Militar distribuem alimentos e água no Morro dos Cavalos

 

Mar agitado entre segunda (15) e terça-feira (16)

O padrão de ventos no oceano deixa o mar agitado no Litoral Sul catarinense entre esta segunda (15/04) e a terça-feira (16/04). O risco é MODERADO nas áreas em amarelo para ocorrências como erosão costeira e para atividades de pesca e navegação. São esperadas ondas de direção leste/nordeste, com alturas entre 2,0 m e 2,5 m e picos de até 3,0 m.

Fonte: Defesa Civil SC

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-