26 maio 2024 - 9:25
- Anúncio -

Comitiva catarinense explora a educação ambiental no Parque Nacional da Floresta da Baviera, na Alemanha

Desde o último domingo (12) até o próximo sábado (17), uma comitiva catarinense liderada pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico Local (IDEL), está na Alemanha para participar de uma missão técnica de educação ambiental no renomado Parque Nacional da Floresta da Baviera, na região de Munique.

Ao todo, cinco professores de municípios catarinenses envolvidos na missão compartilham a similaridade de estarem associados ao Parque Nacional São Joaquim, Parque Estadual Janela Furada e Eco Museu Serra do Rio do Rastro. Essas localidades desempenham um papel crucial na promoção da educação ambiental  na região das encostas e serras catarinenses e fazem parte do Programa de Desenvolvimento Econômico Local (DEL).

Os participantes catarinenses que estão representando seus municípios nesta viagem incluem os professores: Patrícia Inácio (Grão Pará); Ismael Dagostin (Unibave/Orleans); Edilamar Comelli (Lauro Müller); Janice Alberton (Orleans); Marilene Meurer (Urubici); e a consultora da FACISC/IDEL, Aline Nandi.

A programação

As atividades do grupo começaram pela região da floresta da Baviera, que faz parte do primeiro e mais antigo Parque Nacional reconhecido internacionalmente na Alemanha, que se estende por uma vasta área de 243 quilômetros quadrados ao redor das montanhas Falkenstein, Rachel e Lusen.

Na sequência, a comitiva teve o privilégio de participar de uma reunião estratégica com o Dr. Ronny Raith, renomado deputado do Distrito de Regen, na Alemanha. O foco do encontro foi discutir maneiras de fortalecer a parceria entre os territórios, visando impulsionar a educação ambiental, especialmente os encantadores Parques Nacionais.

Já nesta última segunda-feira (13), a agenda da comitiva foi no Parque Casa da Selva (Hauszur Wildnis), tendo a oportunidade de conferir uma exposição interativa e o programa de educação ambiental para grupos escolares, assim como conheceram o centro de atendimento do turista  do parque nacional e as ofertas de educação.

Nos próximos dias, o grupo vai visitar ainda, a Casa Hanseisenmann, para conferir uma apresentação dos programas Escolas e Escolinhas do Parque Nacional; realizarão uma trilha na Copa das Árvores da Floresta Negra, passando por inúmeras estações de informação com fatos interessantes sobre a natureza local e mundo animal; também vão conferir como funciona o Programa Junior Ranger e a área de recreação com o parque infantil da floresta; conhecerão as ações do Centro de Educação Ambiental sobre o tema água (Wasserwelt Flanitz); assim como terão a oportunidade de conhecer o Programa Escolar sobre Morcegos e construção de caixas para os mesmos, no Parque Natural; participarão da trilha educativa no Lago Arbersee; e o grupo fechará com chave de ouro acompanhando a Vitrine Culinária Kulinarisches, com foco na comercialização de produtos locais.

A consultora da Facisc/IDEL, Aline Nandi, destacou a importância da missão para o desenvolvimento de projetos sustentáveis em Santa Catarina: “Participar de uma ação desta magnitude nos permite absorver práticas de gestão ambiental de ponta e trazê-las para serem aplicadas em nossas regiões de atuação. A Floresta Nacional da Baviera é um exemplo de como a preservação ambiental pode ser aliada ao desenvolvimento sustentável.”

Marilene Meurer, professora em Urubici, ressaltou a troca de experiências com especialistas internacionais: “Estar aqui e ver de perto as estratégias de conservação e os programas de educação ambiental que nos inspira a implementar novas práticas e aprimorar as já existentes em nossos municípios.”

A missão técnica de educação ambiental do DEL  é uma iniciativa conjunta do Instituto de Desenvolvimento Econômico Local (IDEL), Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC), Bildungswerk der Bayerischen Wirtchaft (bbw) e distrito de Regen, sendo financiada pelo Bundesministerium für Wirtschaftliche Zusammenarbeit und Entwicklung (BMZ), que é o Ministério Federal de Cooperação e Desenvolvimento Econômico da Alemanha.

Alemães em SC

Após a enriquecedora visita de uma comitiva de Santa Catarina no pitoresco vilarejo de Zwiesel, localizado no distrito de Regen, no ano passado, agora será a vez do estado catarinense receber os alemães em solo catarinense, mais especificamente, no Parque Nacional de São Joaquim.

“No segundo semestre deste ano, abriremos nossas portas para compartilhar nossas riquezas naturais e oferecer experiências únicas, conectando culturas,  promovendo o desenvolvimento sustentável e com foco em buscarmos benefícios duradouros tanto para os catarinenses quanto para as comunidades globais interessadas na sustentabilidade do turismo e educação ambiental. Será um prazer apresentar ainda, o Programa AL-INVEST Verde, que visa fortalecer a cadeia produtiva turística na Serra e Sul catarinense, com ênfase no entorno do Parque Nacional de São Joaquim, e quem sabe, firmar novas parcerias”, destaca o diretor superintendente do IDEL, Osmar Vicentin.

A participação da comitiva liderada pelo IDEL no Parque Nacional da Floresta da Baviera marca um passo importante na busca por práticas inovadoras e sustentáveis para a preservação do meio ambiente, fortalecendo ainda mais os laços de cooperação internacional em prol da conservação da natureza.

Colaboração: Mari Lidorio 

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<