26 maio 2024 - 2:34
- Anúncio -

Comitê Tubarão e Complexo Lagunar discute Plano de Uso Público do Parque Estadual da Serra Furada

Membro do Conselho Consultivo, órgão participou de assembleia, oportunidade em que se discutiu a necessidade de uma fiscalização mais efetiva da caça de animais silvestres

Com o intuito de contribuir na preservação da fauna e flora, o Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Tubarão, Complexo Lagunar e Bacias Contíguas participou da Assembleia do Conselho Consultivo do Parque Estadual da Serra Furada. O encontro abordou diversos tópicos, dentre eles, o Plano de Uso Público, em que se apontou a necessidade de uma fiscalização mais efetiva no que tange à caça de animais silvestres.

Necessidade latente desde 2007, o Plano de Uso Público do Parque Estadual da Serra Furada está sendo discutido e revisado para fortalecer e facilitar cada vez mais a visitação de pessoas ao espaço. O documento, que orienta a gestão para aprimorar e diversificar a experiência que o público tem ao usufruir do ambiente, será desenvolvido por uma Câmara Técnica – que deve ser criada nos próximos meses. No entanto, para já trazer as perspectivas do grande grupo, os membros desenvolveram uma lista com os pontos fortes e fracos, no qual foi destacada a questão da fiscalização.

“Ficamos preocupados com a forte presença da caça de animais silvestres relatada pelos demais membros do Conselho e pelos próprios policiais ambientais que atuam no Parque. Por isso, nos colocamos à disposição para auxiliar na criação de um ofício para ser encaminhado ao Estado, uma vez que os profissionais que cuidam dessa questão nos relataram que o trabalho não é totalmente efetivo devido à alta demanda, tendo a necessidade de contratação de mais profissionais”, frisa o secretário-executivo do Comitê Tubarão e Complexo Lagunar, Patrício Higino de Mendonça Fileti.

Além disso, também foi exposto o andamento das atividades previstas para este ano; atualizações sobre o Projeto de Concessão, que foi encaminhado para análise e aguarda-se retorno; e autorização para a realização do Projeto Montanhistas do Futuro, que visa aproximar crianças da natureza e desenvolver a conscientização ambiental.

A técnica em gestão hídrica Fernanda Szymanski – que presta suporte técnico ao Comitê Tubarão e Complexo Lagunar por meio do ProFor Águas Unesc – também participou da reunião.

Por Catarina Bortolotto: Expressio Assessoria de Comunicação e Imprensa

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<