segunda-feira, 10 agosto 2020 - 3:52

Com retorno de obras, moradores de Lauro Müller devem redobrar cuidados

O retorno dos trabalhos para pavimentação de 17 ruas de Lauro Müller traz equipamentos pesados e trabalhadores para vias da região central do município e também para o Distrito de Barro Branco. As frentes de obras foram retomadas na terça-feira (14) com a distribuição do maquinário que passarão a se movimentar próximo de residências e locais onde há circulação de pedestres. Com isso, a atenção precisa ser redobrada.

Há trabalhos na rua Raul Dalsasso, no Barro Branco e trabalhos pontuais na rua Prefeito Flávio Righetto, no Centro. Nas duas frentes, as atividades são realizadas próximo do tráfego dos veículos e pedestres, o que requer atenção redobrada. Os espaços em obras são definidos e identificados por sinalização provisória de obras.

A revitalização de 17 ruas com aplicação de capa asfáltica é o maior projeto de pavimentação do município, com recursos aplicados no valor de R$ 8.303.269,87. Somados os valores de obras complementares, esse valor chega a 11 milhões de reais. Todo o conjunto de ruas que serão pavimentadas vai receber nova sinalização de trânsito, calçadas, pontos de acesso e faixas de pedestres.

Pavimentação com lajotas reutilizadas – Nesta semana são continuados, também, os trabalhos construtivos para pavimentar rua Manoel Porfírio Nunes (acesso ao estádio municipal), no Centro. A pavimentação está sendo feita com peças (lajotas de concreto e paralelepípedos) retiradas das ruas que serão pavimentadas com asfalto. A reutilização dá destino correto para as peças retiradas e vai garantir a trafegabilidade e conforto de moradores em vias sem pavimento. Os serviços são realizados pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos.

Serão retiradas, aproximadamente, 33 mil metros quadrados de lajotas e paralelepípedos das ruas que vão receber asfalto, que serão transportados, armazenados e classificados para avaliar a conservação das peças, antes de serem novamente utilizados para pavimento. As unidades desgastas ou danificadas não serão utilizadas. Caso não fossem reutilizadas, o material retirado seria descartado.
O final da rua Henrique Lage e a rua Eliseo Machado, no Sumaré também estão no projeto de pavimentação com peças retiradas das ruas que serão asfaltadas.

Assessoria de Comunicação de Lauro Müller

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-