14 junho 2024 - 2:51

Com orientação da Epagri, família troca produção de fumo por tomates orgânicos

A família Trevisol, de Santiago do Sul, passou 23 anos produzindo fumo. Decididos a mudar de rumo nos negócios, procuraram apoio do escritório municipal da Epagri e hoje produzem tomates no sistema orgânico. Segundo Jaqueline Maria Busnello Cordazzo, extensionista rural da Epagri em Santiago do Sul, a próxima conquista é certificar a produção como orgânica.

No início de 2020 o casal Anildo e Ivonete Trevisol tomou a decisão que mudaria suas trajetórias profissionais. Com orientação da Epagri, converteram duas estufas da propriedade para abrigar o cultivo protegido de tomates.

O trabalho foi árduo. Foi preciso preparar o solo e corrigir a fertilidade, tudo com base na análise do solo da propriedade. Finalmente, em fevereiro de 2021, as primeiras mudas de tomates, de dois cultivares diferentes, foram transplantadas no primeiro abrigo.

De lá pra cá, foram seis safras intercalando entre os dois abrigos. A extensionista da Epagri conta que os desafios a serem superados foram muitos. Além de recompor a vida do solo, que estava totalmente degradada, foi preciso buscar soluções para produzir tomates convivendo com problemas fitossanitários, testar quais seriam os melhores cultivares, aprender a preparar as mudas e realizar o enxerto das plantas. Eles também precisaram aprender a utilizar somente produtos naturais, como homeopatia, caldas e biofertilizantes preparados na propriedade.

Produção excelente

Tudo foi feito sob orientação da Epagri. Jaqueline ressalta que hoje a família conta com uma excelente produção orgânica, isenta de pragas. “Foi necessário muita persistência, dedicação e ânimo de aprender com os desafios que a cultura exige. A cada safra, a família  adicionou novos aprendizados, que contribuíram para oferecer aos consumidores  frutos saudáveis e limpos de contaminantes”, relata a extensionista.

Jaqueline destaca que Santiago do Sul é o município com a menor população do Estado, e agora, a partir do exemplo de sucesso dos Trevisol, começam a surgir outras iniciativas de geração de renda com a produção de alimentos. “Essa família inspirou outras a repensar a forma de produção, logo teremos outra propriedade migrando da fumicultura para a produção de morangos, e está em fase de conclusão a primeira unidade de processamento de açúcar mascavo”, descreve a extensionista, lembrando que as duas iniciativas foram viabilizadas por recursos do Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR).

A extensionista rural ressalta a parceria do município de Santiago do Sul, não só por meio da Epagri, mas também por meio da sua Secretaria de Agricultura. Além de divulgar e incentivar a geração de alternativas de renda no campo, o poder público local organizou a feira de produtos da agricultura familiar, onde o potencial das propriedades rurais disponibiliza uma infinidade de produtos de ótima qualidade para a população.

Fonte: Epagri

- Anúncio -
-Anúncio-