30 setembro 2020 - 2:29

Com a pandemia de Covid-19, São Ludgero sofre com a falta de médicos

Alguns profissionais foram afastados após serem positivados para coronavírus. Algumas unidades de ESFs estão sem médicos para atendimento

São Ludgero continua sofrendo com a falta de médicos. A semana iniciou com dois profissionais a menos nos atendimentos em Estratégias Saúde da Família (ESFs). Desde a semana passada o Centro de Triagem Coronavírus já contava com um médico afastado por pegar o vírus.

A Secretária de Saúde, Nilva Schlickmann Pickler, diz que existem profissionais da área de enfermagem afastados pelo vírus que puderam ser substituídos e outros vazios estão sendo supridos através de revezamento de profissionais do próprio quadro.

No final de fevereiro cinco médicos deixaram a cidade, alguns para fazerem residência e outros por terem passado em concurso público em outras cidades. Depois de muito empenho e dedicação o município conseguiu novas contratações e agora voltou a sofrer com a falta de profissionais.

A Secretária de Saúde, Nilva Schlickmann Pickler, informa que o atendimento na Unidade Sanitária Central de Saúde (Pronto) também sofrerá com a falta de médicos. “Nossas estruturas físicas são muito boas, bem equipadas, disponibilizamos de todos os equipamentos de seguranças necessários e os salários são bons. Não se trata de recurso financeiro e estrutura e sim a dificuldade de encontrar profissionais disponíveis no mercado. A equipe da Saúde está empenhada tentando conseguir novos profissionais. Mas, não está sendo fácil”, pontua.
Colaboração: Bertoldo Kirchner Weber/Assessor de Comunicação
- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-