23 fevereiro 2024 - 1:42

CIM-AMREC certifica agroindústria de Treviso com o selo SISBI

Em evento realizado na tarde desta quinta-feira, dia 10, no auditório da prefeitura de Treviso, a agroindústria Trutas do Chefe recebeu o certificado de adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA). A empresa trevisana é a terceira da região da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (AMREC) a receber o certificado por meio do Consórcio Intermunicipal Multifinalitário (CIM-AMREC).

A partir de agora, a empresa da família de Ana de Fátima Feltrim e do sobrinho, Fernando Salvan, que hoje produz 180 mil peixes por ano, vai poder aumentar a produção e comercializar os seus produtos em todo o território nacional. Conforme Fernando, atualmente a empresa já venceu licitações para comercializar junto ao SESC, e com o SISBI os produtos estão chegando a cidades como Araranguá, Brusque, Florianópolis, Jaraguá do Sul, Itajaí, Joinville, Lages e São Joaquim. As trutas de Treviso ainda estão chegando a restaurantes no Estado do Rio Grande do Sul. “Fechou negócios em Cambara do Sul, Gramado e em breve em Bento Gonçalves”, confirma.

A história da “Trutas do Chefe”, começou em 2017, com a criação de Tilápias. Como os tanques são de água muito fria, a espécie não se adaptou. Os proprietários foram em busca de uma espécie de pescado que se adaptasse melhor à temperatura da água, encontrando as trutas. Durante os anos de funcionamento a agroindústria familiar foi se aprimorando, e a produção saltou de 10 mil peixes por ano para a atual marca de 180 mil peixes por ano.

Fernando ainda explica que hoje os produtos são comercializados em pacotes com filas de 500g para o consumidor final, ou em pacotes de 5kg para restaurantes. Hoje, supermercados de Morro da Fumaça, Treviso, Siderópolis e Criciúma já comercializam o produto. “Éramos limitados e vamos poder expandir”, comemora o proprietário da agroindústria, que objetiva crescer ao máximo.

O prefeito de Treviso, Valerio Moretti, comemorou a conquista, parabenizando os proprietários, que são donos do primeiro registro do Serviço de Inspeção Municipal (SIM – 001). “Eles são os primeiros por serem os primeiros a serem registrados e nós de Treviso temos orgulho desse empreendimento. Desejamos sucesso e que conte sempre conosco”, disse o prefeito.

O presidente do Consórcio CIM-AMREC e prefeito de Cocal do Sul, Fernando de Faveri, lembrou os demais serviços que o consórcio vem prestando para a região e os benefícios que isso vem trazendo, como a Usina de Asfalto e o Serviço Aéreo Médico. “Os prefeitos perceberam a necessidade de estar juntos, este consórcio é muito importante para diversas demandas da nossa região. Com este selo a agricultura tende a crescer muito mais, e cabe a nós incentivar”, declarou Fernando.

O evento foi acompanhado por profissionais da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (EPAGRI), da Companhia Integrada Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (CIDASC), veterinários dos municípios da região que fazem parte do comitê inspeção industrial e sanitária do CIM-AMREC, produtores e servidores municipais da prefeitura de Treviso.

Sobre o SISBI

O SISBI foi criado em 2006 por meio de um Decreto do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Desde então a região já vem se mobilizando para a obtenção desta adesão junto ao Ministério da Agricultura. Em 2007 fez a primeira audiência pública na Associação dos Municípios, quando foi deflagrado pelos prefeitos da época a construção de um consórcio público de forma a abarcar este importante projeto.

Na busca do certificado de equivalência do SISBI, os prefeitos da AMREC aprovaram o protocolo de intenções do consórcio em 2008. Em 2010, fundaram o Consórcio Intermunicipal de Atenção à Sanidade Agropecuária da Região Carbonífera de Santa Catarina (CIASAMREC).

Em 2019, foi fundado o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da AMREC (CIM-AMREC), e o CIASAMREC foi então incorporado ao novo consórcio. Em 2020 o CIM-AMREC foi selecionado em meio a 54 consórcios do Brasil para participar do projeto CONSIM – de “Ampliação de Mercados de Produtos de Origem Animal para Consórcios”, no qual 12 consórcios foram selecionados, e dos 12, 8 receberam o Certificado de Equivalência ao SISBI no dia 25 de novembro, das mãos da ministra da agricultura, Tereza Cristina, dentre os quais o CIM-AMREC também foi contemplado.

Hoje no certificado de Equivalência temos o escopo para produtos cárneos, ovos e pescado, o qual será ampliado dentro das necessidades e interesses das agroindústrias e serviços de inspeção municipais da região, os demais produtos de origem animal.

AMREC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-