13 junho 2024 - 9:24

Cidasc destaca importância da sanidade agropecuária em Santa Catarina durante o Mês de Maio

O gestor do Departamento Regional da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) de Criciúma, Daniel Remor Moritz, participou, no dia 09 de maio, da reunião do Colegiado de Agricultura da Associação de Municípios da Região Carbonífera, onde falou sobre a Lei Estadual, n.º 18.825, de 09 de janeiro de 2024, que estabelece o Mês de Maio como dedicado às ações de promoção da sanidade animal e vegetal no estado, destacando algumas atividades realizadas pela Cidasc e sua importância para a saúde pública e para a economia do Estado.

Moritz aproveitou a ocasião para convidar os presentes a participarem dos eventos promovidos pela Cidasc, destacando o Lançamento do Livro da Defesa Sanitária Vegetal, agendado para o dia 16 de maio, no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (Crea-SC), no dia 16 de maio, da entrega de sete Selos ARTE ao Laticínio Cizeski, no município de Morro da Fumaça, marcado para o dia 24 de maio, e do Fórum Anual de Febre Aftosa, que acontecerá no auditório da Defesa Civil de Santa Catarina, com transmissão ao vivo pelo YouTube da Cidasc, no dia 27 de maio (segunda-feira), às 08h.

No mesmo dia, os médicos veterinários da Cidasc, José Henrique de Oliveira e Luana Oliveira de Souza Venson, concederam entrevista para a Rádio Marconi, de Urussanga, abordando a importância das ações de promoção da sanidade animal e vegetal em Santa Catarina neste mês de maio. Durante a entrevista, foram discutidos temas como o motivo desta homenagem, a relevância da sanidade agropecuária, o controle de doenças como Tuberculose, Brucelose, Influenza Aviária, raiva, entre outras, sinais clínicos visíveis ou não aos produtores, a importância da notificação em casos de suspeita, o controle dos produtos de origem animal nos estabelecimentos produtores, e a conscientização dos produtores sobre os riscos dos produtos produzidos em casa. Também foi mencionado o Fórum Anual da Febre Aftosa e a iniciativa dos Departamentos Regionais da Cidasc em serem pontos de coleta de doações em apoio às vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul.

+Lei Estadual n.º 18.825, de 09 de janeiro de 2024
Fica instituído o mês de maio, como aquele dedicado às ações de promoção da sanidade animal de produção e vegetal em Santa Catarina, com ênfase na conscientização sobre as Doenças de Notificação Compulsória (DNC).

+Inf.: Saúde dos Animais de Produção e Saúde Vegetal são celebradas durante o mês de maio

Fonte: Alessandra Carvalho
Assessoria de Comunicação – Cidasc

- Anúncio -
-Anúncio-