23 maio 2024 - 9:22
- Anúncio -

Cespi conta com cerca de 70 voluntários e mais de 450 atendimentos por mês

Cerca de 70 voluntários estão envolvidos no Centro de Educação em Saúde de Práticas Integrativas (Cespi), mantido através de parceria com a Secretaria de Saúde de Braço do Norte.

Estes voluntários são organizados pela Associação pela Vida em Harmonia (Avah) – Casa do Voluntário, que atendem mais de 480 pessoas por mês com atividades como reiki, yoga, biodanza, constelação familiar coletiva e individual, barras de acesses, biomanetismos, massoterapia, CVV Comunidade, oficina de plantas medicinais, oficina de desbloqueio emocional (EFT) e teatro-terapia.

Nesta segunda-feira, 06, o prefeito Beto Kuerten Marcelino, e os secretários de Saúde, Sérgio Arent, e de Administração e Fazenda, Allan Lopes Prudêncio, participaram de uma reunião com uma comissão da Avha formada por três voluntários: Alcir Silva, Luana Cademartori Minghelli e Lourival Salvato.

A intenção do grupo, de acordo com o prefeito, foi apresentar o relatório de atividades realizadas e a realizar em 2023 e o Plano de Trabalho para 2024. “Neste momento, o Município repassa para associação R$ 2 mil ao mês. Com as demandas de serviços realizados, conforme solicitado pelos voluntários, passaremos a fazer um repasse de R$ 6 mil ao mês, através de Marco Regulatório, além do pagamento do aluguel da sede e da cessão de servidores”, explicou Beto.

Em 2019, Braço do Norte ficou entre as cidades escolhidas para apresentar sua experiência com o Cespi em Brasília, durante o Congresso de Secretários de Saúde.

Entre os benefícios de realizar as práticas integrativas está a melhora do bem-estar, recuperação pode ser mais rápida do que o convencional, menor dependência de medicamentos e redução de procedimentos invasivos. “Além de promoverem maior disposição, engajamento e o bem-estar das pessoas, geram uma atitude positiva frente aos desafios e estabelecem a harmonia emocional, mental e física”, complementou Sérgio.

As Práticas Integrativas e Complementares (PICs) são aplicadas gratuitamente através do Cespi. Os interessados podem solicitar a inclusão às enfermeiras de suas unidades de saúde.

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-