31 outubro 2020 - 6:24

Cerbranorte é a primeira permissionária distribuidora de energia em SC à realizar Leilão de Compra de Energia

A Cerbranorte promoveu na última sexta-feira, 18 de setembro, o primeiro Leilão de Compra de Energia Elétrica no Ambiente de Contratação Livre – ACL. A COMERC Trading, com o lance vencedor de R$ 120,00/MWh, fornecerá a partir de outubro/2021 parte da energia que hoje é adquirida com a CELESC. A COMERC é uma das principais comercializadoras de energia do Brasil e atua solidamente no mercado de energia a mais de 10 anos.

O leilão eletrônico ocorreu no centro de tecnologia da _Paradigma Business Solutions_, em Florianópolis, e os vendedores proponentes habilitados em diversas partes do Brasil acessaram remotamente a plataforma eletrônica da empresa para participarem do certame.

Atualmente, a Cerbranorte compra energia da CELESC por R$ 221,07/MWh, porém está previsto um aumento para R$ 245,50/MWh. Ou seja, nesse leilão a Cerbranorte adquiriu energia por menos da metade do valor da CELESC.

As cooperativas que passaram pelo mesmo processo e também pelo reajuste tarifário, conseguiram uma redução nos valores das tarifas aos seus consumidores, porque esse menor custo de energia é repassado integralmente aos consumidores. Assim, com o resultado deste leilão, os consumidores da Cerbranorte podem ter uma boa expectativa para o reajuste do próximo ano.

De acordo com o Gerente de Regulação, Itamar José de Almeida, este resultado exigiu um ano de pesquisas, estudos e discussões. Também, foi decisivo o assessoramento e consultoria das melhores empresas e profissionais do país. Ainda, cooperativas como Coprel e Certaja compartilharam suas experiências.

“Internamente na Cerbranorte, houve o engajamento de profissionais das áreas de engenharia, comercial, marketing, TI, contabilidade e regulação, bem como o constante acompanhamento e apoio do administrador judicial. Esses profissionais sentem-se realizados pelo benefício que o excelente resultado desse leilão trará a todos associados e consumidores da Cerbranorte”, ressalta Itamar.

Por Ana Caroline Bonetti – Cerbranorte

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
a href="#">
-Anúncio-