26 fevereiro 2021 - 12:28

Centro Educacional Meta de Orleans volta às aulas com atividades presenciais

É recomendado às famílias que cada aluno traga diariamente um kit contendo uma garrafinha para água, máscaras para trocar ao longo do período de aula, lenço de papel e álcool em gel.

O Centro Educacional Meta retomou as aulas presenciais nesta segunda-feira, dia 22 de fevereiro. Uma série de cuidados vem sendo tomados para garantir a segurança dos alunos, pais, professores e colaboradores da instituição.

A diretora Marlene Turazzi Moreira, pontuou sobre o atendimento remoto em 2020 devido a pandemia e os métodos adotados pela escola para oferecer o melhor ensino possível.

Nossos alunos estavam sem frequentar a escola desde 19 de março de 2020, a partir desta data, as aulas foram ministradas somente de forma on-line. Nós tivemos o privilégio de estar preparando os professores para as aulas remotas e adequando o atendimento on-line, principalmente do 1º ao 5º, conforme foi necessário para que os pais pudessem estar junto de seus filhos durante as aulas.

Os demais do 6º ano acima foram oferecidos aulas como se estivessem na escola, só que de forma remota com cinco aulas diárias. Conseguimos cumprir toda a grade, inclusive com aplicação de provas. Não podemos dizer que foi bom, porque acredito que não foi bom para ninguém, mas tentamos fazer da melhor forma possível”, analisou.

Na avaliação da diretora do colégio, Marlene Turazzi Moreira, os primeiros dias serão de adaptação às novas rotinas.

“Quando analisei o retorno as aulas e o sistema hibrido me coloquei no lugar dos alunos, dos pais e professores.  E me questionei quanto aos benefícios do mesmo. Sei que algumas escolas não têm espaço físico, mas nós contamos com espaço físico, por isso após analisar passo a passo decidimos pelo ensino totalmente presencial.  A não ser para aqueles alunos que não possam devido a alguns problemas. Para este serão oferecidas aulas remotas. Claro que é um novo normal que nós não poderemos realizar alguns dos projetos que trabalhávamos antes da pandemia. Não poderemos realizar aulas fora de sala. Pois precisamos seguir as regras. Nós vamos nos adaptando. Estamos preparados para passar aos alunos o que deve ser passado”, explica.

Acredito que caso não tenhamos mais nenhum decreto por parte do governo, nós poderemos continuar até que venha a vacina.

A diretora ainda comenta que uma série de medidas foram adotadas na escola, entre elas, a higienização dos sanitários após ser utilizado por cada aluno. Na sala cada aluno fica em seu quadrado, ele é instruído a não circular e orientado a utilizar o álcool em gel, além do uso da mascará.

É importante frisar que os alunos ficarão sobre a supervisão dos professores durante todo o período e orientado a seguir as normas.  O professor não irá circular entre os alunos, ele ficará somente na frente da classe para proteção dos alunos e também porque tem aluno que está em casa acompanhando as aulas de forma remota.

Não será realizado nenhum tipo de atividade onde podem ocorrer qualquer tipo de contato entre os alunos, ou através do compartilhamento de objetos.

A escola seguiu as instruções do Plano de Contingência para Educação (PlanCon).

Conforme a diretora, cerca de 90% dos alunos compareceram no primeiro dia de aula.

“Neste momento é fundamental que a família e o colégio estejam sintonizados para que o processo seja tranquilo”, observa a diretora.

A Coordenadora do Ensino Básico e Fundamental I, Ana Maria Auta da Silva Cardoso, comentou o retorno as aulas a unidade escolar. “Nós estamos seguindo todos os protocolos sanitários para poder receber e acolher os alunos. Com certeza será um novo normal cheio de expectativa, de desejos de estar se reencontrando, de estar novamente dentro do espaço escolar”, ressaltou Ana, psicopedagoga – especializada em neurociência e chega a instituição também com objetivo de atuar na área montando um espaço na escola com o objetivo de acolher e atender as crianças que necessitam de atendimento diferenciado.

O Coordenador do Ensino Fundamental II, ao Ensino Médio Jeferson Brighenti, ressaltou a importância da volta das aulas presenciais. “A nossa expectativa do retorno as aulas presenciais neste momento é a melhor possível. Porque todos já estavam cansados com a permanência em casa, com o isolamento.  Voltar a este novo normal, poder ver os colegas e professores será muito mais proveitoso, pois todo o corpo docente está bastante otimista”, frisou.

As Mudanças

Para orientar pais e alunos a direção da escola elaborou vídeo e encaminhou através das redes socais de como serão os procedimentos a serem tomados, bem como os alunos devem proceder.

A direção da escola relembra as mudanças que foram necessárias para o atendimento presencial. A unidade escolar  está seguindo o Plano de Contingência que estabelece protocolo de acesso à escola, com entradas específicas conforme as turmas, aferição de temperatura, uso de máscara e álcool gel.

É recomendado às famílias que cada aluno traga diariamente um kit contendo uma garrafinha para água, máscaras para trocar ao longo do período de aula, lenço de papel e álcool em gel.

Atenção aos sintomas

O Colégio alerta que caso o aluno apresente algum sintoma gripal no decorrer das aulas, será encaminhado até a sala de isolamento, onde os pais serão comunicados imediatamente para buscarem o estudante e encaminhar o caso ao Centro de Triagem.

No link é possivel conhecer o  Protocolo oficial META

Por: Gerciana Ascari – (JP 014533-SC)

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-