26 setembro 2020 - 11:52

Cabos de internet e telefone serão cortados caso as empresas não regularizem as instalações nos postes da Cerbranorte

A Cerbranorte está constantemente investindo em melhorias na rede de distribuição, seja com ampliações, construções ou manutenções em geral, sempre prezando pelo fornecimento com qualidade e continuidade para todos os consumidores.

Por conta disso, desde setembro uma equipe de colaboradores está percorrendo toda a rede da cooperativa, para fazer um levantamento de ativos imobilizados e também atualizar nosso sistema interno, observando todas as possíveis necessidades da rede. Um problema que a equipe técnica já tentou resolver em outros momentos, mas não teve êxito, são os cabos de internet e telefonia que utilizam os postes da cooperativa, e não respeitam as normas de instalação da distribuidora.

“Com certeza os consumidores já perceberam que em alguns pontos tem muitos fios desorganizados no poste, isso além de ser feio visualmente, tem uma série de riscos envolvidos, se passar um caminhão pode arrebentar os cabos, quebrar o poste, enfim até causar problemas em nossa rede. É um risco até mesmo para as pessoas”, comenta o Engº Felipe Santana May. “Esse é um assunto que já batemos em cima há um bom tempo, sempre cobrando das empresas em reuniões, mas até o momento não havíamos agido, porém a ordem agora é continuar a fiscalização e resolver essa situação com urgência”, completa Felipe.

Ainda conforme o engenheiro, todas as empresas foram notificadas em outubro do ano passado, tendo um prazo para que cada uma efetivasse o serviço, mas das sete empresas que atuam em Braço do Norte, apenas duas regularizaram as instalações. A partir da próxima semana os cabos que não atendem o padrão de instalação da cooperativa, serão cortados e retirados dos postes da Cerbranorte, começando pela rua Nereu Ramos.

“Sabemos que isso causará um certo transtorno, pois muitas pessoas ficarão sem internet até que as empresas cumpram com suas obrigações, mas salientamos que é inevitável tal ação por parte da cooperativa, já que mesmo com notificações e inúmeras solicitações nada tenha sido feito até o momento”, destaca o engenheiro. Por isso, pedimos que os consumidores também cobrem dos seus provedores de internet e telefone para que não apenas os trechos solicitados sejam regularizados, mas que os demais também, para evitarmos problemas futuros.

 Fonte: Assessoria de Imprensa – Cerbranorte

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-