24 setembro 2020 - 2:06

Braço do Norte mantém decreto da semana passada

Após reunião entre os 18 prefeitos que compõem a Amurel, na tarde deste domingo, 12, por videoconferência, Braço do Norte e os demais Municípios manterão o atual decreto até 16 de julho.
As únicas alterações são a redução de 50% para 40% no número de pessoas em estabelecimentos e a permissão de uma pessoa por família nos supermercados e mercados.
Mesmo com a recomendação do Comitê Extraordinário Regional de Saúde de redução no horário de atendimento do ramo gastronômico, os prefeitos entenderam, por unanimidade, que se mantendo os cuidados com higiene, distanciamento e protocolos de saúde, não há riscos da extensão dos horários por mais duas horas, das 20 às 22 horas.
De acordo com o prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino, será também discutido, para o próximo decreto, a ampliação no horário de atendimento de bancos e lotéricas com o intuito de evitar aglomerações.

Por Suham Dellatorre – Assessoria de Comunicação | JP5004SC

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-