22 abril 2024 - 5:47
- Anúncio -

Autor de diversos furtos a residências de Tubarão é preso no município

O homem de 35 anos roubou, pelo menos, três casa na cidade

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Tubarão, identificou o autor de pelo menos três furtos a residências situadas na cidade de Tubarão e ele acabou preso hoje de manhã pela Guarda Municipal de Tubarão e agentes da DIC de Tubarão.

No dia 27 de novembro de 2022, por volta das 4h, um indivíduo arrombou a porta de uma casa situada no bairro Dehon, nesta cidade, e de seu interior subtraiu diversos objetos, dentre os quais um cartão bancário. Com esse plástico, o autor realizou compras no comércio local. No dia 28 de dezembro de 2022, por volta das 21h, esse mesmo indivíduo ingressou numa residência situada no bairro Humaitá de Cima e subtraiu alguns cartões bancários e com esses realizou compras no comércio da cidade. No dia 02 de janeiro deste ano, por volta das 5h da manhã, o mesmo suspeito dos fatos acima ingressou numa residência e subtraiu diversos objetos.

A Divisão de Investigação Criminal de Tubarão (DIC/PCSC) iniciou diligências no intuito de identificar o autor desses fatos e, após a coleta de elementos probatórios, o identificou como sendo um homem de 35 anos, contumaz na prática de crimes patrimoniais.

A Polícia Civil instaurou o competente inquérito policial, tendo o Delegado de Polícia que preside as investigações representado pela prisão preventiva do investigado, pleito que fora deferido pelo Juízo da 2º Vara Criminal de Tubarão.

Na manhã de hoje, a Guarda Municipal de Tubarão foi atender uma ocorrência de depredação de uma Igreja situada no bairro Humaitá e ao abordar os autores verificou que um deles era o investigado acima mencionado, tendo acionado agentes da DIC de Tubarão, os quais realizaram a lavratura dos procedimentos de polícia judiciária pertinentes ao cumprimento do mandado de prisão.

O investigado foi interrogado, porém manifestou o desejo de ficar calado, tendo sido encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-