21 maio 2024 - 10:18

Cooperativa Aurora divulga nota sobre a crise no leite

Produtores de leite enfrentam nova crise devido ao excesso de importações

A Cooperativa Central Aurora divulgou nota no dia 15 de agosto de 2023,  demonstrando preocupação com a crise no setor leiteiro. Produtores enfrentam extremas dificuldades em função do baixo preço pago pelo produto.

Confira:

” A AURORA COOP, na condição de cooperativa central com mais de 76 mil famílias rurais em sua base produtiva, vem a público manifestar-se sobre a dramática situação que vive atualmente a cadeia produtiva do leite em Santa Catarina e no Brasil.

O preço do leite no mercado mundial caiu e o real teve uma relativa valorização frente ao dólar. A associação desses dois fatores estimulou as importações e o preço no mercado interno desabou. Em um primeiro momento, esse movimento é ótimo para o consumidor, que passa a ter produtos lácteos mais baratos. Mas é péssimo para o País, porque pode levar à desorganização e inviabilidade da cadeia produtiva e a consequente expulsão dos pequenos produtores.

O Brasil triplicou, neste ano, as importações de lácteos do Mercosul. Esse explosivo aumento da importação de leite em pó em 2023 gerou pânico no setor lácteo brasileiro em razão dos impactos na competividade do pequeno e médio produtor de leite.

Em razão de fatores extra-porteiras – custos de produção mais elevados, agravados pelas deficiências de infraestrutura, e maior carga tributária direta e indireta etc. – o leite produzido no Brasil custa mais ao PRODUTOR e por consequência, ao consumidor, se comparado ao importado.  

A maciça presença de leite importado no mercado interno provocou queda geral de preços, aniquilando a rentabilidade dos criadores de gado leiteiro e também das indústrias de captação, processamento e industrialização de leite.

As consequências dessa situação são preocupantes. Há relatos de que produtores de leite de Santa Catarina estão abandonando a atividade em consequência da nova situação do mercado brasileiro, marcado pela excessiva importação de leite e pela queda persistente da remuneração.

Toda a cadeia produtiva do leite está padecendo dessa situação. As próprias indústrias de processamento (laticínios) estão operando no vermelho e muitas estão utilizando matéria-prima láctea importada por extrema questão de gestão de custos.

A AURORA COOP não aprova essa política de importação sem limites e sem controle. A AURORA COOP mantém-se fiel aos produtores rurais cooperados, de quem recebe todo o leite que processa em suas unidades, os quais jamais abandonará porque são eles os verdadeiros destinatários do Sistema Cooperativista.

A AURORA COOP recomenda que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) estabeleça mecanismos para regular a importação, criando gatilhos e barreiras para que seu exagero não destrua as cadeias produtivas organizadas existentes no Brasil.

A AURORA COOP defende uma política de apoio ao setor para estimular, simultaneamente, a produção e o consumo.

Manter a sustentabilidade e a viabilidade econômica da vasta cadeia produtiva do leite é essencial para o desenvolvimento do interior do País e para a segurança alimentar da Nação.

Chapecó, 15 de agosto de 2023.

NEIVOR CANTON

Diretor Presidente Executivo ”

Fonte: https://auroracoop.com.br/crise-do-leite-manifesto-da-aurora-coop/

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 5)
-Anúncio-Erro, não existe o grupo! Verifique sua sintaxe! (ID: 4)
-Anúncio-