sexta-feira, 14 agosto 2020 - 2:03

Auriverde inaugura mais duas filiais agropecuárias no Rio Grande do Sul

O mês de julho iniciou de maneira muito feliz para todos que fazem parte da Auriverde. Na última sexta-feira (03), foi realizada a inauguração de mais uma loja agropecuária da Auriverde, no estado do Rio Grande do Sul, mais precisamente na cidade de Miraguaí.

Miraguaí:

Cidade esta que antes de emancipar-se, se chamava Gramado da Serra, e pertencia à Tenente Portela. Em 15 de dezembro de 1965 emancipou-se, passando a chamar-se Miraguaí. O nome Miraguaí foi dado em homenagem ao velho cacique caingangues primeiro morador da localidade. O município conta com aproximadamente 4.824 habitantes, segundo dados do IBGE. O município fica próximo das cidades de Três Passos, Tenente Portela, Vista Alegre entre outros. A Agricultura se faz predominante no município e a Auriverde se sente muito feliz em poder estar contribuindo com o crescimento e fortalecimento da cidade e do interior de Miraguaí.

A loja agropecuária da Auriverde em Miraguaí, conta com aproximadamente 250m², fica localizada na Rua Machado de Assis, 118, nas proximidades da Cresol, no centro. A inauguração contou com a presença do vice-presidente da Auriverde, Daniel Ferrari, acompanhado de representantes da diretoria da Cooperativa e demais colaboradores. O prefeito do município, Ivonir Botton, representantes da Associação Comercial e Industrial (ACI) e agricultores prestigiaram a abertura da loja na última sexta-feira (03).

Já na cidade de Boa Vista do Buricá, também no estado do Rio Grande do Sul, a loja Agropecuária Auriverde, será inaugurada nesta sexta-feira (10) de julho. A filial fica localizada na Rua Duque de Caxias, 78, no centro da cidade.

Boa Vista do Buricá:

A colonização de Boa Vista do Buricá inicia em meados da década de 1920, quando as terras do “além Buricá” começaram a ser loteadas pela administração de Palmeira das Missões; de posse do governo, eram compradas por companhias que se organizavam para vender os lotes ou para particulares. A propaganda para a venda era feita principalmente, sob a alegação da fertilidade do solo; ainda, eram concedidas boas condições de pagamento e prometia-se habitação para o período de desmatamento e erguimento do próprio teto.

No ano de 1928, ocorreu a entrada dos primeiros colonizadores – Jacob Schneider e Emílio Muller, ambos de origem germânica (teuto-brasileiros). O Sr. Emílio Müller foi o primeiro colonizador que procedia a venda de terras na região, adquiridas do governo. Já o Sr. Jacob Schneider foi o primeiro a comprar terras do Sr. Emílio Müller. Iniciada a colonização, levas e levas de agricultores, da Região das “Colônias Velhas” – hoje vales do Rio Pardo e do Rio Taquari, deixaram suas terras e se aventuraram em busca de melhores condições de vida em terras ainda desconhecidas e pouco habitadas do Estado do Rio Grande do Sul.

O nome do município “Boa Vista do Buricá”, deve-se a dois aspectos: o primeiro, “Boa Vista”, é atribuído à visão que se tem das cabeceiras – foz – do Lajeado Alpargatas, quando deságua no Rio Buricá, a partir das coxilhas que separam a atual sede da comunidade de Ivagaci.  Já “Buricá” é o nome do importante rio que banha as terras do município. A origem do nome é tupi-guarani, pois: “Buri” é espécie de palmeira e “Caã” significa mato. Assim, juntando os dois significados, pode-se dizer que Buricá, significa “mato de palmeiras”. Havia na época, abundância de uma espécie de palmeiras nesta região, conhecida por “coqueiros”.

Segundo informações de pesquisa do perfil de cidades gaúchas realizadas pelo Sebrae, em 2019. No ano de 2017 o município contava com 542 propriedades rurais, 5.004 hectares de área plantados naquele ano, com o valor bruto de produção agrícola em 2017 de R$ 16,7 milhões. Nos dados de perfil demográfico, o estudo aponta que no ano de 2018, a população de Boa Vista do Buricá era de 7.118 habitantes.

Agropecuária Auriverde novas filiais:

A loja agropecuária Auriverde de Boa Vista do Buricá, conta com uma loja medindo aproximadamente 210m². Ambas as lojas prestarão serviços para a comunidade da cidade e do interior, nos segmentos de bovinocultura leiteira; gado de corte; suínos; aves; lavoura; máquinas e implementos agrícolas; assistência técnica altamente qualificada; linha de rações e sais minerais; insumos; linha pet; linha de ferragens entre outros. Além de contar com a assistência técnica de profissionais agrônomos, médico veterinário entre outros. Mantem o padrão de todas as demais filiais Agropecuárias da Auriverde e o excelente atendimento a toda comunidade. Sendo assim, a Auriverde possui no momento três filiais no estado do Rio Grande do Sul, sendo a primeira inaugurada na cidade de Giruá. Ambas as unidades, serão gerenciadas pelo profissional Reimar Cavalli.

Fonte: Sebrae/ Rio Grande do Sul, Prefeitura Municipal de Miraguaí e Prefeitura Municipal de Boa Vista do Buricá.

Informações Assessoria de Imprensa Auriverde – Jornalismo: Fabi Zanini

Imagens: Miraguaí, Fonte: Alto Uruguai

Boa Vista do Buricá, Fonte: boavistadoburica.rs.gov.br

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-