15 abril 2024 - 6:52
- Anúncio -

Associados aprovam contas da Cooperaliança após lucro de R$9 milhões em 2023

Durante a Assembleia Geral Ordinária da Cooperaliança, realizada na sexta-feira, 16, no ginásio da escola estadual Salete Scotti dos Santos, mais de 300 associados se reuniram para deliberar sobre uma série de assuntos de relevância para a cooperativa. Entre os principais itens estavam a aprovação de contas do exercício de 2023, no qual a empresa ultrapassou R$9 milhões de lucro, a criação do centro médico exclusivo para associados da cooperativa e o plano de investimentos para 2024, todos os itens foram aprovados por unanimidade.

O FATES do exercício de 2023, totalizou R$ 1,1 milhão. Durante a assembleia, os associados optaram, por meio de votação, por disponibilizar esse montante ao Conselho de Administração, para que seja realizado um estudo minucioso dos projetos e depois a distribuição dos recursos ao longo do ano. Este direcionamento foi tomado considerando que o Conselho de Administração recebeu um total de R$ 4,4 milhões em propostas de projetos de diversas entidades e associações beneficentes.

Os associados aprovaram o plano de investimento para 2024, que prevê a aplicação de R$ 15,5 milhões. “Este investimento é fundamental para garantir que possamos continuar oferecendo serviços de alta qualidade aos nossos associados e à comunidade em geral. Os recursos serão destinados para a aquisição de equipamentos modernos e para aprimorar nossa infraestrutura, visando atender às crescentes demandas e proporcionar uma experiência ainda melhor para todos”, coloca o presidente da Cooperaliança, Reginaldo de Jesus.

Na ocasião, foram destinados R$ 915 mil para a Reserva Legal, visando garantir a estabilidade financeira e o cumprimento das obrigações legais. O Fundo de Expansão e Manutenção do Sistema de Distribuição foi agraciado com um valor expressivo, totalizando R$ 4,5 milhões, que representa 50% das sobras, como determina o Estatuto Social.

Com a sobra de 3,2 milhões, a assembleia decidiu destinar os recursos para iniciativas que visam beneficiar diretamente os associados e a comunidade. Nesse sentido, R$ 1,2 milhões foram para o Fundo de Expansão e Manutenção do Sistema de Distribuição, enquanto R$ 2 milhões serão direcionados para a criação do Centro Médico Cooperaliança que contará com clínico geral, ortopedista, cardiologista, ginecologista, pediatra, dermatologista e fisioterapeuta, visando proporcionar um atendimento de qualidade e acessível para todos. Aberto para discussão não houve nenhuma manifestação para os itens apreciados, o que restou aprovado por unanimidade.

Colaboração: Talita Lima / Cooperaliança

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-