15 julho 2024 - 8:25
- Anúncio -

Artigo da Semana: Violência

Em dias que a violência assume proporções alarmantes por todos os cantos. Onde para se sair de casa é necessário deixar alguém cuidando do nosso patrimônio e se possível sairmos acompanhados, pois assim estaremos menos vulneráveis. Onde a droga adentra nas fronteiras e é comercializada na nossa esquina, apesar do empenho das polícias que não consegue modificar o panorama, dado à astúcia dos bandidos que não se preocupam em respeitar a Lei, até porque a Lei foi feita para quem respeita, prova disso que os delinquentes andam armados e as pessoas decentes tem dificuldade em conseguir um porte de arma. Até mesmo para um policial aposentado a burocracia é grande.

Os presídios cada vez mais abarrotados, e apesar de todos os dias rádio e televisão noticiarem que a polícia prendeu quadrilhas e que foram recolhidos, a imprensa não averigua e informa quantos estão sendo soltos diariamente, pois a proporção é considerável. Não há espaço para alojar tanta gente!

Enquanto não houver convencimento de que o crime não compensa, a conotação de justiça futura será inócua. Mas tudo isso faz parte de um Planeta em evolução. Jesus quando pela Terra passou deixou claro que os escândalos seriam necessários! Sabia Ele que tempos difíceis viriam. Mas Jesus também disse: “ai daquele pelo qual vier o escândalo”! Então temos ai garantia de que a Lei Divina se processará, pois é perfeita.

Vemos pessoas padecendo desgraças, mortes violentas, balas ditas “perdidas”. Outras nascem para uma vida vegetativa, e nos questionamos do motivo pelo qual tudo isso acontece. Mas somos Seres em evolução, uns mais adiantados que outros. Uns com maiores comprometimentos com o mal praticado em vidas passadas que outros, e Deus na sua infinita bondade, mas pela Sua justiça, possibilita àquele que pratica o mal utilizando equivocadamente do livre arbítrio, outra oportunidade, retornando a nova vida em condições de sofrimento, para que o espírito que habita no corpo carnal possa se esclarecer e entender a dor do mal feito a outrem, e a necessidade de perseverar no bem, objetivando ir na direção da perfeição almejada pelo Criador.

A violência planetária está atrelada ao desamor. Tenhamos boa conduta e seremos mais felizes.

Por Nilton Moreira

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<