18 junho 2024 - 12:15
- Anúncio -

Artigo da Semana: Cigarro

Todos os vícios e com o cigarro não é diferente temos ao redor de nós desencarnados dependentes que agora no plano espiritual continuam ter os mesmos desejos, e não podendo tragar passam sorver as emanações fluídicas de nós encarnados. Por isso fica aumentada a dificuldade de abandonar o vício, já que não estamos fumando sozinhos.

É verdade que fumante detesta conversa para deixar de fumar. Lembrei que certa ocasião dois amigos comentavam sobre um curso que visava parar com o cigarro, e um disse ao outro: “eu vou, mas só se eu levar bastante cigarro, pois deve dar uma vontade louca de fumar nesse curso”.

Existe mil desculpas para não pararmos de fumar: “vou morrer assim mesmo; o cigarro me tira a ansiedade; fumo pouco; só fumo depois das refeições; no ano que vem vou dar um jeito; fumo só quando bebo”, e tem aquele que fuma só “o simidão”. A propósito, tinha um amigo meu que só fumava quando bebia. Só que ele fumava um monte e pedia cigarros para os outros que estavam na festa, pois nunca comprava. Este já desencarnou. Grande amigo!

Quando eu era jovem só não se fumava dentro de cinema. Diziam que era para não prejudicar a projeção. Ficava-se com dedos e bigode amarelo, pois recém estava chegando os cigarros com filtro.

Mas devemos lembrar que acima de tudo está Deus que nunca nos deixa sem força e amparo nos momentos difíceis da vida, mas em razão das companhias espirituais, temos de atentar para algumas atitudes, como por exemplo, saber que não é um vício que simplesmente “se atira pela janela”. Devemos nos despedir dele sem mágoas como explica Chico Xavier, nos desvinculando com respeito, pois como disse, tem muita “gente” fumando conosco, além de ter sido companheiro nosso de vários momentos.

O importante para largar é existir determinação, e depois buscar as alternativas disponível pela ciência, mas nunca esquecendo do lado espiritual que nos leva a conexão com o Altíssimo.

É uma luta árdua para toda a vida, mas certamente com o passar dos dias a compulsão diminui, e seremos beneficiados, pois enquanto tivermos um vício, não seremos livres.

Força a todos.

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<