12 junho 2024 - 9:35
- Anúncio -

Adolescente acusado por tráfico de drogas em Grão Pará é apreendido durante operação “Longo Alcance”

Operação “longo alcance” desmantela rede de trafico e corrupção de menores. Outros quatro indivíduos foram indiciados, e o Ministério Público já ofereceu denúncias contra todos os envolvidos

Uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar resultou na prisão de dois indivíduos investigados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. Além disso, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, culminando em um auto de prisão em flagrante.

A operação, denominada “Longo Alcance”, recebeu esse nome devido à necessidade de utilizar câmeras de longo alcance no trabalho investigativo, devido à forma evasiva como os suspeitos atuavam.

Em Grão Pará a Polícia Civil, por meio da DPMU, em conjunto com a Polícia Militar, deflagrou a operação, cumprindo quatro mandados de busca e apreensão domiciliar, além de dois mandados de prisão preventiva.

As investigações estavam em curso desde abril, e a Autoridade Policial, diante dos elementos coletados, representou por buscas e apreensões nas residências dos suspeitos, resultando em prisões cautelares. Outros quatro indivíduos foram indiciados, e o Ministério Público já ofereceu denúncias contra todos os envolvidos. O procedimento em relação ao menor adolescente investigado foi finalizado com um Auto de Apuração de Ato Infracional.

Durante as buscas, foram apreendidos entorpecentes, balanças de precisão, apetrechos para o tráfico e aparelhos celulares. Os investigados foram conduzidos à Delegacia, onde foram realizados interrogatórios e o procedimento flagrancial ao indivíduo alvo de mandado de prisão. Em seguida, foram encaminhados ao Presídio Regional de Tubarão.

O trabalho contou com o apoio de agentes da DPCO de Braço do Norte, bem como guarnições do Tático da Polícia Militar de Braço do Norte e Canil de Tubarão. Destaca-se a atuação do agente de polícia responsável pela DPMU de Grão Pará, Adriano Heidemann, e do setor de inteligência da Polícia Militar. A Delegada titular e responsável pela investigação Jucinês Dilcinéia Ferreira.

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-