4 agosto 2021 - 10:30

Plano de Macrodrenagem: licenciamento ambiental é iniciado em Braço do Norte

Os primeiros passos para o início do licenciamento que possibilitará a realização da primeira etapa da macrodrenagem dos córregos que cortam a cidade foram dados na tarde desta sexta-feira, 15 de janeiro.
O prefeito, Beto Kuerten Marcelino, o secretário de Planejamento, Vanio de Oliveira, o presidente da Funbama, Robson Fabichaki, o engenheiro da Amurel, Alexandre Martins da Silva, e o ex-presidente da Funbama, Raul Coan, estiveram no local para avaliação.
Conforme Beto, o governador Carlos Moisés da Silva solicitou celeridade no licenciamento ambiental. “Para que possamos realizar efetivamente a primeira parte da macrodrenagem, o governo do Estado, através do governador Carlos Moisés, precisa do licenciamento ambiental, então, já iniciamos os trâmites nesta semana, para dar andamento ao projeto o mais rápido possível”, comentou.
O valor total estimado da macrodrenagem é de R$ 11.902.710,00 (onze milhões, novecentos e dois mil, setecentos e dez reais). Para a primeira etapa serão investidos, aproximadamente, R$ 4 milhões.
Na segunda-feira, 11, em audiência com o governador, o prefeito e comitiva apresentaram o Plano de Macrodrenagem. “O projeto é dividido em três etapas, o pleito principal é o canal de desvio, localizado na rua Raulino Horn, que tem como objetivo direcionar a vazão das cheias do córrego Santa Augusta, este terá prioridade”, encerrou o prefeito.
Colaboração Suham Delattore
- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-