25 setembro 2020 - 6:12

Acusado é preso 40h após assassinato

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna, prendeu na tarde de ontem, quarta-feira (16), o principal suspeito do latrocínio (roubo seguido de morte) de um aposentado de 64 anos, morto a golpes de tesoura em casa, na Vila Militar, em Laguna.
O crime aconteceu na madrugada de segunda-feira (14) e foi esclarecido menos de dois dias depois. De acordo com as investigações, o suspeito invadiu a casa do aposentado com o propósito de roubar bens materiais. A vítima reagiu e houve luta corporal. Na briga, o suspeito desferiu mais de 20 golpes de tesoura.

A polícia descobriu que o suspeito pretendia fugir para o Rio Grande do Sul, mas após rápida análise realizada pelo Judiciário e Ministério Público foi expedida a ordem de prisão temporária. O suspeito foi capturado quando trafegava em uma motocicleta na BR-101 em direção a uma agência bancária.

Segundo o delegado Bruno Fernandes, o caso foi finalizado em apenas 40 horas graças ao empenho da equipe de policiais civis que não mediu esforços para o desfecho. Ele ressaltou ainda a agilidade do Judiciário e do Ministério Público local em analisar as representações apresentadas.

Fonte: Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-