13 julho 2024 - 11:08
- Anúncio -

Aberta a temporada das baleias-franca no Sul catarinense

O período de observação dos mamíferos segue até novembro; são 15 pontos que monitoram a passagem dos animais pelo litoral

Julho é o mês oficial de abertura da temporada das baleias-franca no litoral Sul de catarinense. Para 2022, a expectativa é que o crescimento do setor turístico seja ainda maior. Por isso, a Rota da Baleia Franca que compreende Imbituba, Laguna e Garopaba, já tem ações em desenvolvimento avançado. O roteiro é um produto elaborado com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC) e Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur).

O evento de abertura aconteceu na Praia do Rosa, em Imbituba, com o workshop “Tendência do Mercado de Turismo: saiba como posicionar o seu negócio”. A palestra contou com a participação da vice-presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (BRAZTOA), do Especialista em Distribuição Hoteleira HSystem, Paulo Vitor, e da Diretora de Pesquisa ProFRANCA do Instituto Australis, Karina Groch.

“Hoje em dia os hábitos de consumo mudaram, a única certeza que a gente tem, é a incerteza. O perfil do cliente, é um perfil que preza porque questões que antes não eram notadas. Levando isso em consideração, a gente percebe a importância de estar bem posicionado no mercado e discutiu isso na abertura. É um período que o turista pode avistar as baleias na região que compreende todo o litoral, mais de uma forma mais concentrada em Imbituba”, explicou destaca Daniela Corrêa, analista do Sebrae.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turístico, Henrique Melo, afirma que além das projeções que visam chamar atenção dos viajantes, essa é uma temporada marcada por um novo período: o pós-pandemia do coronavírus. A prefeitura municipal, já assina um novo contrato com o Sebrae/SC para colocar as ações voltados ao comércio da região, turismo rural e de base comunitária, gastronomia e para o departamento de inovação.

“É um novo período, pois nos três últimos anos o setor foi impactado pela pandemia. Esses são os próximos passos para atrair os turistas e um dos nossos grandes desejos é implantar um Centro de Inovação na cidade”, salientou Melo.

De acordo com gerente de projetos do Sebrae/SC, Juliana Baldessar Ghizzo, o apoio a Rota da Baleia Franca iniciou em 2015, quando ainda era um projeto. “Atualmente já é um produto. Organizamos todo o trend turístico nos três municípios, mas agora atendemos apenas Imbituba. Estamos discutindo projetos de envolvimento para continuar com novos roteiros que também promova outros nichos, como comércio e artesanatos, por exemplo”, disse.

Tradicionalmente, o mês que registra o maior número de baleias na região é setembro, que recebe cerca de 120 mamíferos no Estado. Porém, a temporada segue até novembro. São 15 pontos que monitoram a passagem dos animais durante o período.

O primeiro registro de baleia-franca foi feito no dia 13 de junho, na Praia da Ribanceira em Imbituba, e pelo menos 27 gigantes já foram avistadas entre Palhoça e Laguna, segundo o Instituto Australis. Não só se torna uma opção de turismo regional fora da alta temporada, como aumenta a atividade econômica de todo o Sul.

“É um período relevante para a região e o nosso papel é fazer a divulgação desses destinos turísticos do Brasil, no exterior, seja através de parcerias e participações em feiras, por exemplo. Estamos atentos para realizar todo o tipo de ativação de produto que seja possível. Com a Rota da Baleia Franca não é diferente”, pontuou o coordenador da Embratur, Guilherme Colombo.

Fonte: NZBT Comunicação – Assessoria de Imprensa Sebrae/SC | Gerência Regional Sul

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-