1 dezembro 2021 - 7:02

Polícia Civil de Gravatal apreende veículo e identifica suspeitos de furtos de gado

Na manhã desta quinta-feira, 28/10/2021, após alguns meses de investigações, as Polícias Civil e Militar de Gravatal, Armazém, Jacinto Machado, Ermo e Turvo deflagraram operação policial relacionada a inquérito que apura uma onda de furtos de gados no Município de Gravatal.
Segundo a Polícia Civil, nos últimos meses o Município de Gravatal e algumas outras cidades da região vinham sendo alvo de uma onda de furtos de gados, cujo “modus operandi” se dava com extrema crueldade. Os animais eram atacados pelos criminosos durante as madrugadas, abatidos e suas carcaças eram abandonadas nas propriedades rurais das vítimas. Em um dos furtos de Gravatal inclusive uma vaca prenha foi abatida e o feto abandonado na propriedade da vítima. Os principais alvos destes crimes em Gravatal vinham sendo os bairros Sanga da Areia e São Miguel.
AS INVESTIGAÇÕES:
Uma força tarefa envolvendo policiais de toda região vem sendo montada. Neste sentido diversas informações vêm sendo trocadas entre Policiais Civis, Militares, vítimas e testemunhas destes furtos. Durante estas trocas de informações foi possível identificar um veículo VW/Gol, cor cinza como suspeito de estar sendo utilizado pelos criminosos. Este veículo foi identificado como sendo de propriedade de um casal de 34 e 33 anos, residentes no interior do Município de Jacinto Machado. Imagens de câmeras de segurança de várias cidades e propriedades rurais foram analisadas ao longo dos últimos meses, onde foi possível chegar ao casal suspeito, além de um indivíduo de 23 anos, que já teria residido em Gravatal e teria vasto conhecimento das estradas rurais do Município. Ele teria vários antecedentes policiais, principalmente por furto. Mandados de buscas e apreensões para propriedades em Jacinto Machado e Araranguá foram pedidos pelo Delegado Lucas de Sá Resende, coordenador das investigações. As medidas cautelares foram prontamente deferidas pelo Poder Judiciário da Comarca de Armazém após parecer favorável do Ministério Público.
A OPERAÇÃO POLICIAL:
Na manhã desta quinta-feira, após alguns dias planejando para o melhor momento das diligências, foi dado cumprimento nas medidas cautelares. Na residência de Jacinto Machado restou apreendido o veículo utilizado nas práticas criminosas, além de ter sido encontrado no freezer do casal suspeito grande quantidade de carne sem procedência. No local também foram encontrados outros elementos de prova, como celulares e facas utilizadas nas carneações. O casal suspeito foi interrogado e confessou a participação nos crimes.
O PROCEDIMENTO POLICIAL:
O Inquérito Policial que apura os crimes segue sendo instruído na Delegacia de Polícia de Gravatal e o casal suspeito, além do indivíduo de 23 anos, devem ser indiciados por furto qualificado e possivelmente outros crimes.
A IMPORTÂNCIA DA UNIÃO DOS ESFORÇOS: Nestes casos em investigação a união de esforços entre comunidades afetadas e Polícia rendeu frutos. As imagens fornecidas das propriedades rurais foram fundamentais para se chegar até os autores. A Polícia Civil destaca da importância do investimento em monitoramento e troca de informações entre vizinhos de propriedades do interior. O investimento deste tipo é revertido diretamente para coibir os crimes e auxiliar na identificação dos criminosos, caso os crimes sejam perpetrados.
A Polícia Civil de Gravatal agradece todas as vítimas, testemunhas e Policiais que participaram das diligências investigativas.
Colaboração: Walker Mendes Cardoso – Delegacia de Polícia de Gravatal
- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-