25 outubro 2020 - 9:53

Aditivos fitogênicos representam ótima solução para os desafios da avicultura de postura

Especialista da Biomin destaca o uso de soluções naturais para aumentar o desempenho das aves e combater a resistência aos antibióticos

As condições nutricionais, ambientais, sanitárias e de manejo ideais são essenciais para as aves desenvolverem todo o seu potencial genético ao longo da vida. Sem esses requisitos, o desempenho zootécnico da granja será abaixo do esperado. Segundo Eduardo Vicuña, gerente de Serviços Técnicos de Avicultura da Biomin para a América Latina, a competitividade da atividade contribui para que a indústria crie estratégias que, apesar de economicamente rentáveis, a longo prazo podem afetar negativamente a produção. É o caso do maior número de aves por gaiola e fórmulas nutricionais de mais baixo custo.

“O aumento da densidade no alojamento é responsável pela competição por água e alimento. O reflexo é o baixo consumo de ração e, consequentemente, menor ganho de peso e condição corporal. Além disso, fatores como matérias-primas de baixa digestibilidade, estresse por calor, manejo estressante (como debicagem, vacinações e pesagens individuais) podem afetar a produção e qualidade dos ovos”, explica Vicuña.

O uso de antibióticos promotores de crescimento foi visto como solução para enfrentar desafios que desencadeiam processos pró-inflamatórios no intestino, afetando o desempenho e a resposta imunológica das aves. Esse tempo está mudando. Em muitos países, o uso de antimicrobianos é proibido como ferramenta para melhoria no desempenho. “Apesar dos desafios ainda existirem, os avicultores já contam com alternativas naturais, como os aditivos fitogênicos, que favorecem a integridade física e a saúde fisiológica de vários sistemas. Essas substâncias podem ser derivados de extratos de plantas, óleos essenciais, ervas, especiarias, raízes, frutos e cascas de árvores”, informa o especialista da Biomin.

“Já está provado cientificamente que os fitogênicos têm efeitos positivos sobre a morfologia de certos tecidos e qualidade da formação da casca dos ovos. Sua ação otimiza processos, como resposta imunológica, secreção enzimática, produção de muco com ação protetora e transporte de nutrientes por meio do epitélio intestinal. Desta forma, melhora a digestão dos ingredientes e a absorção de nutrientes, se refletindo em desempenho superior. Por essa razão, os fitogênicos são considerados promotores naturais de crescimento”, assinala Vicunã.

O especialista da Biomin complementa que essas substâncias podem possuir princípios ativos com propriedades antioxidantes e anti-inflamatórios. “Com base no conhecimento da fisiopatologia das situações que podem causar perdas de desempenho e levando em consideração o mecanismo de ação dos fitogênicos, sua prescrição, dose e tempo adequados é possível estabelecer programas e protocolos com reflexo positivo na saúde das aves e retorno econômico para os produtores”, conclui.

Ana Lívia Lopes – Texto Assessoria

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
a href="#">
-Anúncio-