1 outubro 2020 - 2:15

13 famílias de imigrantes Italianos chegaram em Barracão /Orleans há mais de 131 anos

A comunidade de Barracão em Orleans, teve inicio por volta de 1883, quando as  famílias  de imigrantes italianas  em suas terras chegaram, trazendo suas esperanças e cultura e fé.

Origem do nome Barracão  – Seu nome vem da primeira casa comunitária, um grande galpão coberto de palha, construído pela empresa  para abrigar as primeiras 13 familias de imigrantes que chegaram em 1883.

As famílias pioneiras foram : Giovanni Biancato, Giovanni Orben, Stefano Debiase, família  Mattei , Stopazzoli, Vito Bianchin, Batista e Marco Galvani, Vicenzo Baschirotto,  familia Lolli, Familai de Micheli Ascari, Domenico Brignara, Luigi Stopazzoli e Batista Pellizzaro .

Nos primeiros anos as famílias frequentavam a capela de Rio pinheiros e rezavam o terço em suas casas.

No terreno doado pela empresa colonizadora  foi construído a capelinha de pau a pique, em forma de capitel, inaugurada dia 24 de fevereiro de 1897, recebeu imagem de Santo Antônio, esculpido em Madeira que foi trazido a Itália e tornou-se o santo padroeiro da comunidade. O primeiro sino da comunidade foi fundido na comunidade de Rodeio da anta  e hoje esta instalado no capitel De Nossa Senhora da Saúde , de acordo com informações do Livro Igreja católica do escritor Pedro Paulo Miranda”

O primeiro Capelão da comunidade foi  Luigi Bianco . Por volta de 1904 Leopoldo  Hanoff, que até então residia em Rio Pinheiro, transferiu-se para a comunidade onde foi capelão e professor por cerca de 38 anos.

Hoje a comunidade tem cerca de 95 famílias e 311 habitantes.

Por: Gerciana Ascari

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-