30 novembro 2020 - 10:11

Tese em Educação da Udesc recebe menção honrosa pelo Prêmio Capes

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) concedeu menção honrosa à pesquisadora Márcia Luzia dos Santos e a sua orientadora, professora Mariléia Maria da Silva, do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE), do Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed), da Universidadade do Estado de Santa Catarina (Udesc), na edição 2020 do Prêmio Capes de Tese, na área de Educação.

A tese, intitulada “Formação continuada na rede municipal de ensino de Florianópolis: financeirização da educação básica e a (con)formação docente”, analisa a inserção do setor empresarial na formação continuada dos professores da rede municipal de ensino de Florianópolis e sua articulação ao circuito de valorização do valor.

De acordo com a orientadora, “a tese trata do processo de privatização da educação básica no município de Florianópolis. Não de uma privatização clássica, no sentido de tornar a escola pública uma escola privada, mas de operar um processo de privatização do acesso ao fundo público mediante o expediente de oferecimento de políticas de formação continuada aos professores da rede muncipal”.

“Destacamos que o avanço do capital sobre a educação corrobora com o processo de privatização e de financeirização da educação básica, uma vez que as instituições investigadas integram redes sociais que compõem grandes conglomerados industriais, operam no ramo produtivo e com abertura de seus capitais nas bolsas de valores”, explica a autora.

Para Márcia a menção honrosa recebida da Capes é o reconhecimento do esforço árduo da pesquisa: “esforço que não atribuo só a mim, mas também ao Grupo de Pesquisa em Educação Lute – Lutas Sociais, Trabalho e Educação, coordenado pela professora Mariléia Maria da Silva”.

“É também o reconhecimento de que uma tese fundamentada no materialismo histórico e dialético, uma tese marxista, nunca perde sua capacidade de explicação e desocultação da materialidade. É extremamente importante receber essa menção num momento de ataque sistemático à educação pública e aos professores. Sinto-me lisonjeada e feliz com o reconhecimento”, ressalta a pesquisadora.

A docente orientadora acrescenta que a pesquisa em muito se beneficiou e também contribuiu para o Grupo de Estudos e Pesquisa Lute, como um espaço importante para as discussões. “A construção do conhecimento é sempre resultado de elaborações individuais e de discussões coletivas”, complementa Mariléia.

O diretor de Pesquisa e Pós-Graduação da Udesc Faed, professor Emerson César de Campos, e a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Udesc, professora Dalva Godoy, exaltaram a homenagem. “Este reconhecimento reflete o primoroso trabalho e a excelente formação que é possibilitada pela dedicação de docentes e estudantes do Programade Pós-graduação em Educação, o que é motivo de muito orgulho para a Faed e para a Udesc”, afirma o diretor.

As menções honrosas são concedidas em forma de certificados aos autores, orientadores, co-orientadores e ao programa em que foi defendida a tese.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Udesc Faed

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
a href="#">
-Anúncio-