21 setembro 2020 - 3:20

Rua de São Ludgero receberá o nome de Paulo Schlickmann Roetger

O Projeto de Lei Ordinária Nº 5/2019 proporcionou dar nome ao trecho que inicia na Rua Dona Gertudres correndo paralelamente à extrema da Cooperativa de Eletrificação de São Ludgero – CEGERO – até a empresa de plástico de propriedade do Sr. Jânio Koch. Desta forma a proposição legislativa tem como anseio homenagear o ilustre finado professor Paulo Schlickmann Roetger nominando uma via do município de São Ludgero.

Sua memória, seus préstimos educacionais, sua religiosidade, ética e seriedade sedimentam a sua escolha. Outrossim, a designação do trecho trará desenvolvimento econômico e social, com fito a impulsionar a instituição de empresa na região.

Quem foi Paulo Schlickmann Roetger?

Paulo Schlickmann Roetger nasceu em 03/06/1926 na comunidade de Bom Retiro, São Ludgero. Filho de Henrique Schlickmann Roettgers e Berta Oenning Schlickmann Roettgers.

Desde jovem, aprendeu a cultivar os valores do trabalho, da honestidade e da retidão, bem como a forte religiosidade da família, traços comuns aos descendentes dos colonizadores alemães.

Em 1940, aos 13 anos de idade anos de idade ingressou no Seminário de Azambuja em Brusque/SC, permanecendo até aos 15 anos. Retornou para São Ludgero, casando-se em 1950 com Maria Locks Schlickmann; da união, nasceram 12 filhos. Seus filhos, deram-lhes 23 netos e 5 bisnetos. Constituíram a família e retiravam seu sustento na agricultura, no terreno onde hoje situa-se a sede social da CEGERO.

A vida nunca foi fácil, cheia de dificuldades e provações, na árdua luta para criar os 12 filhos. Desta forma, ainda na década de 1960, resolveu cursar Magistério em Braço do Norte, com o objetivo de tornar-se professor, buscando aumentar os ganhos da família. Formou-se professor e passou a lecionar no Colégio São Ludgero. Muitos dos que aqui se encontram e outros tantos conterrâneos foram seus alunos; certamente se lembrarão do “Seu Paulo” ou do “Professor Paulo”.

No ano de 2000, depois de ver todos os filhos já encaminhados na vida e aproximando-se a hora de “descansar”, vendeu a propriedade rural à CEGERO, vindo residir no centro da cidade de São Ludgero.

Paulo Schlickmann Roetger faleceu em 28/02/2014 e assim como tantos outros conterrâneos que já partiram, deixou um legado de muito trabalho, honestidade, perseverança e crença nos valores e virtudes que devem moldar um homem de bem. Assim, nada mais nobre e merecedor do que denominar essa rua com seu nome, mais ainda por ser no pedaço de chão onde forjou a sua história e de sua família, também contribuindo para o progresso da nossa querida São Ludgero.

Este Projeto foi aprovado por unanimidade.

Colaboração: Fernando Sombrio/assessor de Imprensa

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-