21 maio 2022 - 9:23

Polícia descobre esconderijo de ladrões de fumo

Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) de Santa Cruz do Sul, com apoio de agentes da Polícia Civil de Venâncio Aires localizaram, no final da manhã desta quinta-feira, 17, um sítio que era usado como local de encontro por uma quadrilha de criminosos. Em um galpão, em Linha Campo Grande, foram apreendidos um veículo clonado, munição calibre 9 milímetros e um colete à prova de balas.

Quando os policiais chegaram, os criminosos se preparavam para almoçar. No entanto, abandonaram tudo e fugiram correndo para a mata. A caminhonete, uma Hyundai ix35, foi furtada em Caxias do Sul e estava clonada.

Neste mesmo sítio, relembra o delegado regional Luciano Menezes, que comandou a ação, foi recuperado 70% de uma carga de tabaco, roubada em janeiro de 2020. Na época, os criminosos também conseguiram fugir, deixando para trás dois veículos clonados, uma pistola calibre 380 e uma espingarda calibre 12.

A ação, denominada de ‘Operação Carga Segura’, tem como um dos alvos um velho conhecido da polícia e que está foragido desde janeiro do ano passado, quando estava usando tornozeleira eletrônica. “Há 20 anos que ele pratica assaltos e é preso. Agora está foragido, mas a sua prisão é questão de tempo”, disse Menezes.

Segundo o delegado, este indivíduo está envolvido em ataques recentes a propriedades do interior de Venâncio Aires, Mato Leitão e Santa Cruz. Inclusive, é apontado como um dos autores do latrocínio praticado na noite do dia 13 de fevereiro, na localidade de Linha Eugênia, interior de Santa Cruz

Ainda de acordo com o delegado Menezes, este indivíduo e outras três ou quatro pessoas estavam organizando um roubo de uma carga de tabaco, que seria praticado na madrugada de amanhã, 18. A intenção é evitar que sejam praticados roubos de tabaco e de qualquer outro gênero na região.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-