23 setembro 2020 - 10:35

Polícia Civil fecha fábrica clandestina de álcool gel, em Criciúma

Mais uma fábrica clandestina de álcool gel foi fechada pela Polícia Civil, em Santa Catarina. Desta vez, foi em Criciúma, na tarde desta segunda-feira (23). No domingo (22), a Polícia Civil já havia fechado um local, em Joinville.

A ação em Criciúma também foi após denúncia anônima. O álcool gel estava sendo fabricado com utilização de álcool de posto (etanol) e gel de cabelo.  O produto estava sendo fabricado em uma residência no loteamento Bittencourt, no bairro Argentina.

A fiscalização foi em cumprimento ao decreto 515/2020 (COVID 19). Ao chegar no local, a equipe da Polícia Civil foi recebida por um homem, que negou a fabricação do álcool gel, mas em seguida levou os policiais aos fundos de sua casa, onde mostrou alguns utensílios (batedeira e bacia), embalagens de gel de cabelo vazias, embalagens contendo etanol e várias embalagens de álcool em gel (sem etiquetação) já preparadas para venda.

O homem disse que fabricava o produto e vendia conforme a solicitação por WhatsApp e telefone. Ele foi conduzido para a Central Regional de Plantão Policial (CRPP) para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Assessoria de Imprensa – Polícia Civil da SC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-