24 julho 2021 - 1:49

Polícia Civil conclui inquérito do latrocínio do taxista Paulo Marques

Após investigações conduzidas pela Polícia Civil, com apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP), foi identificado um indivíduo de 32 anos como suspeito do crime. Diante disso, em 5 de maio, pouco mais de um mês depois do crime, a Polícia Civil representou pela prisão temporária do suspeito, tendo as investigações apontado que ele fugiu para o Estado de São Paulo e estaria internado em uma clínica em Itapecerica da Serra/SP. Após a troca de informações com a Polícia paulista prendeu o investigado.
Em continuidade às investigações, mais provas foram colhidas e se chegou no outro investigado de 21 anos. Dia 07 de julho, foi decretada a prisão temporária do segundo suspeito e a preventiva do primeiro, que foi preso na manhã de 8 julho no Centro POP, em Criciúma, por policiais civis de Morro da Fumaça e Urussanga. Segundo a Polícia Civil, ele foi interrogado e o inquérito policial foi concluído. Requereu-se a prisão preventiva do segundo suspeito. O primeiro já está preso preventivamente. É importante enaltecer o trabalho rápido do Promotor de Justiça Elias Albino de Medeiros Sobrinho e do Juiz de Direito Roque Lopedote.
Fonte: PCSC
- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-