domingo, 12 julho 2020 - 2:51

Piso Salarial de Santa Catarina tem reajuste médio de 4,97%

O Piso Salarial Estadual de 2020 teve reajuste de 4,97%, percentual acima da inflação do período de 4,48% e superior ao reajuste do Salário Mínimo Nacional, de 4,71%. A Lei Complementar 760/2020 foi sancionada pelo Governo do Estado no dia 4 de março e os valores são retroativos a 1º de janeiro deste ano.

O movimento sindical dos trabalhadores catarinenses e as federações tiveram quatro rodadas de negociações, que iniciaram em dezembro do ano passado, até chegar a um consenso. Pelo acordo, a primeira faixa passou de R$ 1.158 para R$ 1.215,00, com reajuste de 4,92%; enquanto a segunda faixa obteve 4,91% de reajuste, passando de R$ 1.201 para R$ 1.260,00; a terceira faixa foi elevada de R$ 1.267 para R$ 1.331,00, com 5,05% de reajuste; e a quarta faixa passou de R$ 1.325 para R$ 1.391,00, com 4,98% de reajuste.

A lei do Piso Salarial é uma conquista da classe trabalhadora de Santa Catarina, que começou a discussão para criar o projeto em 2007, em Brusque. A Comissão dos Trabalhadores é formada por integrantes de Centrais Sindicais e Federações, com a coordenação do diretor sindical do Dieese e da Fecesc, Ivo Castanheira.

O presidente da Fetaesc, José Walter Dresch, lembra que este é o décimo ano consecutivo em que as entidades de Santa Catarina negociam a variação. “Temos que comemorar porque, em 2020, completamos 10 anos de uma grande conquista que contempla toda a classe trabalhadora. O Piso Salarial Estadual é fruto da nossa mobilização e luta para garantir direitos e qualidade de vida aos trabalhadores e trabalhadoras do Estado Catarinense”, ressalta Dresch.

Fonte: Dieese

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-