26 novembro 2020 - 1:40

Parque Estadual da Serra Furada completou 40 anos

O Parque Estadual da Serra Furada completou 40 anos no último sábado, dia 20 de junho, está fechado para visitação por conta da pandemia. Conforme a Coordenadora do Parque, Vanessa Matias Bernardo, as atividades para possibilitar o Uso Público, previstas no Plano de Manejo e discutidas na Câmara Técnica de Uso Público, continuam em andamento sempre que é possível cumprir as determinações sanitárias vigentes, envolvendo o menor número de pessoas possível.

Um passo importante foi dado no dia do aniversário do parque com o início da estruturação da trilha da Serra Furada, os trabalhos contaram com a participação do presidente da FEMESC (Federação Catarinense de Montanhismo) Ricardo Garcia, do Coordenador do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Carlos Cassini, do Coordenador do Centro do Visitante do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Luiz Pimenta, dos condutores de visitantes Roger Bonot e Eduardo Dacorégio e da equipe de gestão do Parque Estadual da Serra Furada, além da coordenadora, estava presentes André Luiz Fernandes e Luiz Slachta. Conforme placas no local, o acesso está proibido durante a manutenção e enquanto durar o fechamento das Unidades de Conservação.

Outras atividades importantes para o Uso Público já foram realizadas este ano, com o credenciamento de 19 Condutores de Visitantes que estão autorizados a levar visitantes para o parque quando estiver liberado, inicio da sinalização de algumas trilhas, melhorias estão sendo realizadas na trilha Salto da Piava desde o final do ano passado com a ajuda de voluntários da comunidade e de condutores credenciados. Estão em elaboração também projetos para construção de um receptivo de visitantes e uma trilha com acessibilidade, os projetos estão sendo elaborados pela AMUREL (Associação de Municípios da Região de Laguna) respaldados pela Prefeitura Municipal de Grão-Pará. A Prefeitura Municipal de Orleans finalizou, no mês de maio, os trabalhos na área que servirá de estacionamento na porção sul do Parque, com acesso pela comunidade de Chapadão.

Sobre o Parque

Esta Unidade de Conservação de Proteção Integral fica nas encostas da Serra dos municípios de Grão-Pará e Orleans e preserva uma área de aproximadamente 1.330 ha.

Seu nome deve-se a uma enorme fenda em arenito vermelho, com cerca de 8 metros de largura por 45 metros de altura, conhecida como “Serra Furada”, localizada em comunidade de mesmo nome, no município de Grão-Pará.

Além da preservação das plantas e animais, o parque protege nascentes do Rio Braço Esquerdo, Rio do Meio, Rio do Meio Alto e Rio Minador que integram a Bacia do Rio Tubarão e Complexo Lagunar e é uma importante área para recarga do Aquífero Guarani, abastecendo o lençol freático.

No entorno do parque estão às comunidades de Serra Furada, Barra do Rio do Meio, Arroio do Cedro, Invernada, Linha Antunes Braga, Morro da Palha, Chapadão, Brusque do Sul, Rio Minador, Curral Falso e Três Barras. As principais atividades econômicas desenvolvidas nesse espaço são a fumicultura, plantio de milho e feijão, silvicultura de pinus e eucalipto, avicultura, gado de leite e de corte e apicultura. Atividades de turismo têm surgido em algumas destas comunidades e podem ter no parque uma possibilidade de integração dos roteiros.

Por: Fábio Kraieski Matuchaki

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
a href="#">
-Anúncio-