25 setembro 2020 - 1:27

Orientações Pastorais da Diocese de Tubarão

Ao Clero e aos Fiéis da Diocese de Tubarão, Saúde e Paz!

Nesta hora é preciso que estejamos todos unidos para cuidar da saúde e preservar a vida, que é “dom e compromisso”. Vamos nos empenhar para diminuir as condições de o vírus se espalhar, e assim evitar que haja um “pico” momentâneo de infecção maior do que as estruturas do sistema de saúde possam atender. Por essa razão, peço que sejam seguidas as seguintes orientações:

1. Colocar em prática os decretos das autoridades municipais.
2. Evitar, de todas as maneiras, a aglomeração de pessoas e, quanto possível, diminuir sua circulação.
3. Levar a sério as indicações dos profissionais da saúde.
4. Ter o cuidado da higienização pessoal e do ambiente.
5. Disponibilizar álcool gel 70%, sabonete líquido e papel toalha em lugares onde o bom senso indicar.
6. Os padres estejam em seus postos para atender as pessoas, oferecendo-lhes auxílio espiritual, apoio, orientação, consolo, esperança, solidariedade e outra ajuda pastoral que se fizer necessária.
7. Os padres usem de estruturas que já existam e, se for o caso, criem as que forem possíveis para a transmissão de missas por Rádio, TV e Internet.
8. Suspender mutirões de Confissão, mas atender as pessoas que individualmente procurarem o Sacramento da Penitência.
9. Não deixar de atender doentes graves que pedem o padre para a Confissão e o Viático. Nestes casos, atender às exigências de higienização.
10. Quando for o caso, a Comunhão seja dada na mão.
11. Continuar alimentando, no povo, o espírito do Tempo da Quaresma e da Campanha da Fraternidade como caminho para a Páscoa.
12. As Comunidades, por meio dos Conselhos de Pastoral, providenciem que as pessoas não se sintam sozinhas e abandonadas por Deus e pelos irmãos e irmãs.
13. Suspender atividades programadas que iriam reunir e aglomerar pessoas.
14. Suspender a catequese até novas orientações.
15. Manter-se bem informado para saber como agir ao longo da evolução da pandemia em curso.
16. Saber distinguir as informações verdadeiras daquelas falsas que se disseminam pelas redes sociais.
17. Cultivar a serenidade que nasce da fé em Deus que nos ama.

Não nos esqueçamos da oração! Deus abençoe a todos!

Tubarão, 17 de março de 2020.

Dom João Francisco Salm
Bispo da Diocese de Tubarão

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-