28 setembro 2020 - 5:41

Oficial decano da PMSC completa 100 anos e recebe homenagem do 8º BPM

Na tarde desta segunda-feira, 20, o 2º tenente PM reformado Luiz Teodoro Martins, oficial decano da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), recebeu, uma homenagem do comando do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em razão do seu centenário de vida. Em sua residência, ele contou histórias da sua época de caserna e compartilhou momentos que marcaram sua trajetória na Polícia Militar.

Acompanhado de sua esposa e demais familiares, o policial recebeu o comboio de viaturas policiais que adentraram ao seu condomínio, em Joinville. “Ganhei mais 100 anos de vida”, comentou Luiz Teodoro, ao receber os cumprimentos do comandante do 8º BPM, tenente-coronel Jofrey Santos da Silva, que também o presenteou com uma moeda comemorativa da unidade.

Natural do munícipio de São José, Luiz Teodoro Martins, completou um século de vida nesta segunda-feira, 20.  Sua infância foi simples e pobre, mas cheia de aprendizagem, descreveu a filha Otília Lizete, nascida em 1963, em um boletim informativo produzido para homenagear seu pai. Luiz Teodoro também é pai de Léia, nascida em 1945. Elas são frutos do seu primeiro casamento com Maria José, em um casamento que durou 66 anos, até o falecimento de sua esposa, no ano de 2008.

Em 2009, Luiz se casou novamente. Há 11 anos ele compartilha a vida com Herodina Maria Eulália, carinhosamente chamada de Diná.

Sua história na PMSC iniciou no ano de 1940, momento em que ele serviu como praça. Durante seu tempo de caserna, teve algumas baixas e reingressos.

Após completar um ano como soldado da PM, ele pediu baixa da corporação para ser delegado de Polícia em Urubici e depois em Curitibanos. Reingressando à instituição mais à frente.

Em 1944, pediu a baixa e foi trabalhar em uma empresa, mas no mesmo ano retornou à corporação. Em 1947 ele pediu a baixa mais uma vez e foi trabalhar como motorista de caminhão na prefeitura de Jaraguá do Sul. Posteriormente, trabalhou nessa função também nas cidades de Londrina e Guaramirim.

Após esse período, Luiz Teodoro reingressou às fileiras da PM, fez cursos de motorista PM, de cabo e de sargento, e dessa forma foi progredindo na carreira. Como sargento serviu em Urubici, Vidal Ramos e posteriormente em Brusque. Já como subtenente serviu na cidade de Florianópolis.

Devido ao seu tempo de serviço durante a 2ª Guerra Mundial, ele teve o direito de ser promovido a um posto acima e se tornou então 2º Tenente da PM. Ele foi para a reserva remunerada em 1964.

Ao falar sobre o segredo da longevidade, Luiz Teodoro disse que o importante é levar a vida com alegria, ter uma vida livre de excessos, fazer exercícios leves e viver cercado de pessoas que ama. “Enfim, ele é um homem verdadeiro, muito alegre e comunicativo, que merece todo o nosso carinho e respeito”, resumiu o comandante do 8º BPM.

Fonte: PMSC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-