18 maio 2022 - 11:14

Mulher usa sinal internacional para pedir socorro por violência doméstica

A mulher estava em uma lanchonete, quando o atendente viu o sinal em sua mão e acionou a Polícia Militar, ocasionando na prisão do companheiro da vítima.

Uma mulher, 55 anos, utilizou o sinal de ”X” desenhado na palma da sua mão para pedir socorro e denunciar violência doméstica que vinha sofrendo do companheiro, 42 anos. O fato ocorreu na noite deste sábado (26), em uma lanchonete na Rodovia Luiz Rosso, no bairro São Luiz, em Criciúma.

Uma mulher desenhou o “X” na mão enquanto estava em uma lanchonete no bairro Quarta Linha. Ela mostrou o sinal sutilmente para o atendente da lanchonete, que entendeu a mensagem e acionou rapidamente a PM. Uma guarnição se deslocou ao local junto com uma viatura da Rede Catarina – especializada em atendimentos de proteção à mulher. Nesta viatura sempre está uma policial mulher, para maior amparo psicológico à vítima.

A Polícia Militar (PM) orienta que mulheres vítimas de violência doméstica utilizem o “sinal vermelho contra a violência” para pedir ajuda caso não consigam manifestar isso de outra forma. O sinal, conhecido internacionalmente como um pedido de socorro voltado para mulheres que sofrem agressões, salva vidas diariamente ao redor do mundo. Trata-se de um X – geralmente vermelho – desenhado na mão e mostrado para quem pode trazer alguma ajuda para a vítima. Esta orientação funcionou na noite desse sábado, dia 26, em Criciúma.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-