terça-feira, 14 julho 2020 - 11:54

Mesmo com liberação, Celebrações na Diocese de Criciúma ainda são incertas

Apesar da liberação – com restrições – do governador Carlos Moisés, a volta das atividades religiosas na Diocese de Criciúma ainda não está confirmada. Por enquanto, missas e celebrações católicas continuam suspensas, seguindo ordem do bispo Dom Jacinto Inácio Flach.

Nessa quarta-feira, dia 22, pela manhã, o bispo participará de um encontro com demais autoridades religiosas para definir como serão os procedimentos após a flexibilização por parte do Governo do Estado. Moisés anunciou que os encontros poderiam acontecer com até 30% da capacidade permitida.

“Após a reunião serão repassadas todas as orientações e informações. Precisamos ter paciência, tudo é muito recente e não podemos tomar qualquer decisão precipitada”, explica Dom Jacinto.

O padre Gabriel Dalmolin, da Paróquia da Cidade Mineira, se pronunciou sobre o assunto em um áudio divulgado nas redes sociais. O sacerdote afirmou que a Igreja irá seguir o que Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Papa Francisco estão prezando no momento, em incentivar os fiéis a seguirem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e seguirem em casa.

“Nós continuamos com as igrejas fechadas e teremos somente missas transmitidas por meios de comunicação. Nesse final de semana ainda não teremos a missa normal, não tivemos a autorização do bispo. O vírus continua por aí, então todo o cuidado é pouco. Vamos continuar rezando em casa, e quando tivermos uma novidade das lideranças das nossas comunidades, nós vemos como as celebrações irão acontecer”, declarou o padre.

Fonte: TN Sul

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-