22 setembro 2021 - 5:03

Mãe é detida por abandono de incapaz em Braço do Norte

PM encontrou a crianças de 8 anos aos fundos de uma casa no Bairro Rio Bonito

Na tarde de ontem, quinta-feira (19), a Polícia Militar de Braço do Norte em rondas pela Cidade, recebeu informações de populares, que na Rua Antônio Lino Lessa, no bairro Rio Bonito, aos fundos de uma casa, estaria havendo o crime de abandono de incapaz.

De acordo com a PM, populares informaram que uma mãe deixava sua filha de 8 anos de idade sozinha o dia inteiro em casa, bem como quando voltava ainda agredia a filha. A guarnição então se deslocou ao local, e chegando na referida residência, está estava totalmente fechada, tanto a porta quanto a janela. Os agentes bateram na porta e uma menina respondeu, perguntando quem era, onde foi respondido que era a polícia, momento este que a menina começou a chorar. Pedido então para que a criança abrisse a porta e está respondeu que não poderia, pois, sua mãe havia trancado com a chave e não tinha como sair. A guarnição então arrebentou a porta da casa e entrou, acolhendo a criança, brincando com a mesma.

Segundo a PM, a menina relatou durante as brincadeiras, que fica todo dia sozinha em casa desde as 7 horas da manhã até por volta das 18 horas. Os dias que tem aula ela vai sozinha para a aula e volta meio dia para casa ficando a tarde em casa e também sem almoço. Que nesta quinta feira, a criança relatou que somente comeu um pão com chimia de ovo na parte da manhã e depois disso não comeu mais.

Ainda segundo a PM, sobre a cama havia um caderno com algumas anotações, uma espécie de lista de atividades que era para a criança fazer em casa, desde lavar a louça, arrumar a cama, limpar a casa entre outras, e segundo a criança, se ela não fizesse, quando a mãe chegava em casa ela a batia. Durante a ocorrência a mãe da criança chegou ao local, sendo identificada como E. S., de 37 anos.

Os policiais acompanhado do Conselho Tutelar, constaram que no quarto onde a menina estava não havia banheiro, E que este ficava do lado de fora da casa, onde a criança não tinha acesso. A menina relatou que fazia as suas necessidades em um baldinho. Foi ainda  verificado  que no banheiro  não havia chuveiro, a mãe então relatou que tomavam banho de bacia.

Em conversa com os vizinhos, estes relataram  a situação pela qual a criança passava todos os dias, sendo inclusive agredida pela mãe em algumas oportunidades, pois escutavam o choro da criança.

Os policiais ainda contataram que o quarto estava todo desarrumado, e não encontrado alimentação no local. O Conselho Tutelar conseguiu apurar  que a criança já esteve no abrigo na cidade de Tubarão em uma oportunidade.

Diante dos fatos os envolvidos foram encaminhados a Delegacia de Polícia Civil de Braço do Norte, sendo a criança acompanhada pelo Conselho Tutelar. O caderno com algumas anotações também foi apreendido.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-